Tamanho do texto

Shows internacionais, parcerias inusitadas na música, lançamentos das telonas e festivais de cinema são os destaques da coluna Bastidores

Entre os dias 21 e 27 de setembro, São Paulo receberá a primeira edição do FEED DOG BRASIL – Festival Internacional de Documentários de Moda, na Cinemateca Brasileira. O evento é resultado da iniciativa dos produtores do In-Edit Barcelona com os produtores do In-Edit Brasil, ambos Festival de Documentários Musicais. Com enfoque agora na moda, desde 2015 o festival acontece em Barcelona e, agora, pela primeira vez sai das terras europeias para fomentar o debate do universo da moda em outros cantos do mundo. Com um leque diverso sobre temáticas, a curadora do evento, Flavia Guerra, bateu um bate-papo com a coluna contando um pouco da perspectiva dos bastidores desse evento .

A moda nos morros cariocas é discutida em documentário
Reprodução
A moda nos morros cariocas é discutida em documentário "Deixa na Régua", exibido em festival


Leia também: André Ramiro, de "Tropa de Elite", mira em Hollywood: "A cada passo que eu dou"

“A moda não só moda como roupa, mas como comportamento, cultura”, defende a jornalista e documentarista. “Quando a gente debate moda nós também debatemos meio ambiente, desperdício, poluição, sustentabilidade, condições de trabalho, de estilo, de cultura, padrões de beleza...”, elenca. Documentários que abordam esses temas é o que não falta no festival: “Out of Fashion”, um dos filmes clássicos a serem exibidos durante o festival, remonta a viagem da estilista Reet Aus da Estônia até Bangladesh, discutindo o desperdício da indústria da moda e seu impacto para o meio ambiente.

Leia também: Arquitetura moderna e crises emocionais dão o tom do ótimo "Columbus"

“Eu acho que esses debates inseriram mais recentemente no universo da moda. Um dos grandes filmes da mostra que é “Model” (1980), de Frederick Wiseman mostra o cotidiano de uma agência de modelos em Nova York e não tem nada disso sendo trazido , a moda estava em outro mundo. Se fosse hoje, eu tenho certeza que ele iria encontrar esses temas à tona”, comenta a documentarista. “Esses assuntos entraram nas nossas pautas em todos os níveis: na indústria automobilística, alimentícia e, consequentemente, na de moda também”, completa.

Moda e identidade

Trazendo a moda como uma arte viva, Guerra relembra um dos filmes nacionais que farão parte da programação: “Deixa na Régua”, que mostra o dia a dia das barbearias dos morros cariocas. “Tem uma hora que um dos personagens fala que fez a mão para o baile funk e a menina achou que ele é afeminado por isso. Então tem todo esse lado”, comenta. “O que significa pra esses meninos, homens, adolescentes irem nessa barbearia, passar o dia lá e falar da vida. O cabelo também é identidade”, reflete.

Entre oficinas, debates sobre democratização da moda e outros temas e exibição dos mais variados filmes, Guerra defende: “Acho que o debate pode ir em várias frentes tanto quanto para quem gosta de moda para pensar mais no cinema e pensar como a gente pode retratar o Brasil que faz poucos filmes sobre esse universo”, comenta, relembrando que apenas três longas e um curta são brasileiros na mostra. “A gente tá perdendo tempo porque temos muito o que filmar”, completa a artista.

O evento tem entrada gratuita.

São Paulo Trip

Este será o primeiro show do The Who no país
Divulgação
Este será o primeiro show do The Who no país

Em clima de festivais de música, na próxima quinta-feira (21) ocorre a primeira edição do São Paulo Trip, evento que reúne grandes nomes do rock internacional no Allianz Parque. Na estreia do festival que promete uma viagem em diferentes sonoridades, a banda britânica The Who vem para a sua primeira apresentação no Brasil em mais de 50 anos de carreira. No mesmo dia, os seus conterrâneos do The Cult também vão se apresentar assim como Alter Bridge, banda que foi fruto do hiato de Creed em 2004.

No dia 23, sábado, enquanto o The Who se locomove para a Cidade do Rock para participar da nova edição do Rock in Rio, São Paulo vai receber a dupla The Kills e o cantor Bon Jovi em duas apresentações que promete unir os fãs de rock das antigas com aqueles que curtem o gênero da virada do século.

Já na terceira noite de festival, no domingo (24), será a vez dos donos da balada Dream On invadirem o palco. Ao lado dos britânicos do Def Leppard, a banda Aerosmith comandará o penúltimo dia de festa. O encerramento, que acontece no dia 26 (terça-feira) terá nomes de peso: Guns N’ Roses, Alice Cooper e Tyler Bryant & The Shakedown. Os ingressos para os shows variam de R$ 150 a R$ 780 e a classificação etária é de 14 anos.

Novidades na Amazon

Para quem curte as produções do serviço de streaming da Amazon tem dois motivos para comemorar: em Londres já começaram as filmagens de “Good Omens”, próxima série que deve chegar em 2019 na plataforma. Outro anúncio é o de que a operadora fechou um acordo internacional com a Twentieth Century Fox Television Distribution, que irá disponibilizar a série vencedora do Emmy, "This Is Us”, para mais de 200 países e territórios – incluindo o Brasil! O acordo ainda leva o clássico “O Exorcista” para a plataforma.

Festival de cinema

Dos dias 12 a 26 de outubro nos Estados Unidos acontece o 53º Festival Internacional de Cinema de Chicago e, neste ano, o evento contará com três obras brasileiras: as duas obras de ficção "Aos Teus Olhos", de Carolina Jabor, e "Praça Paris", de Lucia Murat além do novo documentário de João Moreira Salles, "No Intenso Agora".

“Aos Teus Olhos” está na mostra “World Cinema” com première internacional marcada para o dia 19 de outubro. A trama está centrada em um professor de natação, interpretado por Daniel de Oliveira, que é acusado de beijar um dos seus estudantes pelos seus próprios pais, com a acusação viralizando nas redes sociais iniciando um julgamento social sobre o professor. Já “Praça Paris” participa da mostra competitiva internacional com sessão de gala no dia 14 de outubro. Coprodução Brasil-Portugal-Argentina, o longa gira em torno de um conflito entre uma psicanalista portuguesa, Camila (Joana de Verona), que vem ao Brasil para desenvolver uma pesquisa sobre violência e a sua paciente Glória (Grace Passô).

Também na competição internacional, mas na categoria de documentários, está “No Intenso Agora”, que já estreou no Festival de Berlim e foi convidado a participar de mais de 20 festivais ao redor do mundo. O longa de Moreira Salles também terá première no dia 19 de outubro busca investigar a natureza efêmera dos momentos de grande intensidade, a partir de imagens da Revolução Cultural na China, em 1966, e os eventos de 1968 na França, na Tchecoslováquia e, em menor medida, no Brasil.

Música transatlântica

Angolana Titica participa de videoclipe
Reprodução
Angolana Titica participa de videoclipe

Nesta sexta-feira (22) o grupo Baiana System sobe no Palco Sunset do Rock in Rio ao lado da angolana Titica, um dos ícones da moda do kuduro em seu país. Selando a união, os músicos lançaram a canção Capim Guiné , que também tem a participação da cantora Margareth Menezes. A canção, que fala sobre educação e igualdade, chegou a ganhar um clipe nesta semana que alcançou mais de 30 mil visualizações em menos de 24 horas. Confira: 


Estreias do cinema

Com Camila Morgado e Murílo Benício, “Divórcio”, a nova comédia romântica de Pedro Amorim (“Mato Sem Cachorro”) teve a sua pré-estreia realizada em São Paulo na última segunda-feira (18). Em uma sessão fechada apenas para convidados no Shopping Iguatemi, diversas celebridades participaram do evento e assistiram ao filme que estreia na próxima quinta (21) em todos os cinemas brasileiros. O longa narra a história de um casal, Noeli (Morgado) e Júlio (Benício) que levavam uma vida humilde até criarem um molho de tomate que vira sucesso nacional. Assim, os conflitos começam a aparecer e então eles resolvem, após um incidente, pedir o divórcio em um processo pra lá de complicado. Confira as fotos da pré-estreia:

Leia também: Henri Castelli é acusado de homofobia por youtuber de moda