Otávio Mesquita mostra mansão 3 anos após inundação
Reproção
Otávio Mesquita mostra mansão 3 anos após inundação

O processo de reforma da casa do apresentador Otávio Mesquita parece estar caminhando para o fim. Localizada em área nobre de São Paulo, a mansão do apresentador precisou de manutenção após ser atingida por inundação em 2019.

Aproveitando o tempo de pandemia, Otávio se organizou para concluir as obras necessárias para restaurar a propriedade. O apresentador até batizou o local como "minha casa, meu estúdio", já que usa o espaço para gravações. 

Além da estrutura, Otávio conta que os moveis precisaram de restaurações, e especial, os estofados como sofás e poltronas. "Moveis totalmente refeitos. Tudo quase pronto", comentou.

Apesar ter investido para a reforma da casa, no passado, Otávio cogitou a venda do imóvel, avaliado em R$ 7,5 milhões, quando se separou da ex-mulher Melissa Wilmann.

A residência conta com piscina, jardim, sala de TV, mesa de sinuca e um surpreendente carro de fórmula 1. A relíquia fica exposta suspensa em uma parede. 

O carro pertenceu ao piloto Giancarlo Fisichella, que o utilizou na disputa do GP do Brasil em 2003, corrida em que, apesar da chuva preocupante, ele venceu. A iguaria foi obtida por Mesquita em 2007 por cerca de 100 mil euros.

Apegado ao item, o apresentador disse como planeja se desfazer do carro. "Quando eu morrer, vai doá-lo a Fisichella ou seus herdeiros. Já disso isso a ele", revelou em uma festa de inauguração da propriedade.

Na época do acidente, a inundação causada pelas fortes chuvas atingiram cerca de 1 metro já dentro da mansão. O apresentador revelou ter tido enormes danos materiais e de valor sentimental, já que possuía itens de colecionador, como capacete e vestimentas do Ayrton Senna e discos autografados. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários