SBT demite Leo Lins após piada de criança com hidrocefalia
Reprodução
SBT demite Leo Lins após piada de criança com hidrocefalia

Nesta segunda-feira (11), o MPCE (Ministério Público do Estado do Ceará) ajuizou uma ação cívil pública que proíbe o humorista Leo Lins de fazer piadas preconceituosas no estado. Caso ele insista em fazer algo do tipo, terá que pagar multa.

A medida foi solicitada pela 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Idoso e da Pessoa com Deficiência e deve ser aplicada nos futuros shows do artista no Ceará. Vale lembrar, que, recentemente, ele fez uma citação polêmica envolvendo uma criança com hidrocefalia e, por isso, foi demitido do SBT.

"A ACP visa coibir que o humorista continue fazendo piadas de cunho preconceituoso contra pessoas com deficiência, idosos e outras minorias. Lins tem show agendado, em Fortaleza, no próximo dia 30 de julho", diz a nota.

Em seguida, o texto também afirma que se Leo fizer alguma piada com tal tema, terá que pagar R$ 20 mil por "cada menção desrespeitosa a quaisquer minorias". 

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

O informe ainda explica que a decisão não foi tomada apenas pela polêmica na emissora de Silvio Santos, mas também pelo teor ofensivo que as piadas do humorista carregam:

"A iniciativa da 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Idoso e da Pessoa com Deficiência considerou conteúdos de vídeos divulgados publicamente pelo humorista, nos quais ele profere piadas preconceituosas sobre nordestinos, crianças com hidrocefalia, surdos e pessoas acometidas de mal de Parkinson e gagueira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários