Ambos foram condenados
Vanessa Monteiro
Ambos foram condenados

Nesta quarta-feira (01), o júri chegou a um veredito no julgamento de difamação civil entre Johnny Depp e Amber Heard. Ambos foram condenados, mas a atriz terá que pagar a maior quantia, US$ 15 milhões por ter mentido sobre as agressões de estrupo.

Já Depp, que também foi condenado por danos sofridos à ex-esposa durante o julgamento, terá que pagar uma indenização de US$ 2 milhões. Dessa forma, foi considerado que o artista ganhou a ação.

Apenas Amber estava no Tribunal do Condado de Fairfax, no Estado norte-americano da Virgínia, para receber o resultado. Johnny Depp não estava presente e assistiu ao veredito por vídeo, da Inglaterra, onde está para fazer um show com Jeff Beck.

No centro da disputa havia uma declaração da atriz de dezembro de 2018, para o jornal "Washington Post", sobre abusos domésticos sem mencionar o ator.

Tal texto que motivou Depp a processar Heard por difamação e pedir US$ 50 milhões. Heard contra-atacou o ex-marido e pediu US$ 100 milhões, dizendo que ela foi difamada por um antigo advogado do ator, que classificou as acusações da atriz como "farsa". 

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

O artista sempre negou as agressões e disse que Amber que era a pessoa violenta na relação. 




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários