Império Serrano conquista Série Ouro
Reginaldo Pimenta/Agência O Dia
Império Serrano conquista Série Ouro


O Império Serrano conquistou, nesta terça-feira, uma posição no grupo Especial do Carnaval do Rio. A grande vencedora da Série Ouro apresentou, na Marquês de Sapucaí, o enredo "Mangangá", desenvolvido pelo carnavalesco Leandro Vieira.

No Sambódromo, o Império Serrano fez uma homenagem ao capoeirista baiano Manoel Henrique Pereira, o Besouro Mangangá. O Império soma nove campeonatos no Grupo Especial, o último deles, o histórico "Bum Bum Paticumbum Prugurundum" (1982), comemora 40 anos este ano.


A conquista do título da Série Ouro tem um gostinho ainda mais especial. No último Carnaval, em 2020, a agremiação da Serrinha sofreu para se manter na Série Ouro. Componentes da escola, como a ala das baianas, desfilaram sem as fantasias, que não ficaram prontas a tempo da apresentação. Na ocasião, alas da escola de samba entraram na Avenida chorando por conta dos problemas no desfile, como os atrasos e problemas nos carros alegóricos.
As 15 escolas de samba da Série Ouro foram julgadas nos nove quesitos: samba-enredo, harmonia, evolução, enredo, alegorias e adereços, fantasias, comissão de frente e mestre-sala e porta-bandeira. Apenas três das quatro notas são consideradas válidas para os jurados, sendo descartada a menor.

1. Império Serrano - 269.9
2. Porto da Pedra 269.5
3. União da Ilha - 269.4
4. Inocentes de Belford Roxo - 269.4
5. Unidos de Padre Miguel - 269.3
6. Acadêmicos do Sossego - 269.2
7. Unidos de Bangu - 269.1
8. Estácio - 269.1
9. Império da Tijuca - 269.1
10. Vigário Geral - 268.9
11. Unidos da Ponte - 268.9
12. Lins Imperaial - 268.6
13 Em Cima da Hora - 268.5
14. Acadêmicos de Santa Cruz - 268.1
15. Acadêmicos do Cubango - 267.8

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários