Paulinha Abelha morreu aos 43 anos após seis dias em coma
Reprodução/Instgram
Paulinha Abelha morreu aos 43 anos após seis dias em coma

O Calcinha preta mudou a logomarca da banda para homenagear Paulinha Abelha. A vocalista do grupo de forró morreu aos 43 anos em decorrência de morte encefálica . Durante cerca de 18 anos, a cantora foi uma integrante da banda e foi homenageada com a mudança na identidade visual.

Entre  no canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro das principais notícias dos famosos e da TV

Agora, além do nome Calcinha Preta, a logomarca possui o desenho de uma abelha. A frase "como não amar?", bordão conhecido de Paulinha, também foi acrescentado ao logo.

"Como não amar Paulinha Abelha? Nossa abelhinha doou muito de si para Calcinha Preta se tornar o que é hoje. Ela entregou o que tinha de melhor para gente: seu dom, sua espontaneidade, sua beleza. Nos presenteou com sua voz e sua energia vibrante, permitindo que a banda se consolidasse nessa mesma sintonia. A alma da banda Calcinha Preta tem muito de Paulinha Abelha e isso é para sempre", diz a publicação feita no perfil oficial da banda de forró.

"Sua partida deixa uma ferida nos nossos corações, mas não apaga sua história. Seu lugar vai continuar aqui, pois não há nada nem ninguém que possa preenchê-lo. Como homenagem, decidimos agregar o desenho da abelhinha à marca da Calcinha Preta, num gesto de respeito, amizade, reconhecimento e saudade. Paulinha seguirá com a gente, prometemos levá-la à todos os lugares que ela sempre almejou estar e para sempre amá-la", conclui o post.

Leia Também

Paulinha Abelha morreu no último dia 23 aos 43 anos após passar 6 dias em coma. A cantora foi internada em um hospital em Aracaju após passar mal durante uma turnê. A causa da morte ainda não foi definida, mas a principal suspeita dos médicos é que o uso excessivo de chás e remédios para emagrecer tenha provocado o comprometimento dos rins da artista.


A carreira de Paulinha Abelha

Paulinha Abelha começou a cantar aos 12 anos, em trios elétricos nas cidades do interior do Sergipe. A primeira banda foi formada por ela mesma, chamado 'Flor de Mel'. Paulinha permaneceu na banda por três anos e em seguida ingressou na Panela de Barro, onde permaneceu por três anos.

Durante os 12 primeiros anos no Calcinha Preta, Paulinha participou da gravação de 22 álbuns e 3 DVDs. A cantora do grupo e teve diversas idas e vindas da banda. A vocalista ingressou pela primeira vez no grupo em 1998. Em 2010, ela deixou a banda para projetos profissionais solo e retornou quatro anos depois. Em 2016, ela saiu novamente e em 2018, reintegrou o time de vocalistas da banda, do qual fazia parte desde então.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários