Namorada de Luciano fala sobre relação aberta
Reprodução
Namorada de Luciano fala sobre relação aberta

A ida de Luciano para o paredão do "Big Brother Brasil 22", como ato de contra-golpe de Naiara Azevedo (indicada do líder), pegou a família do catarinense de surpresa. Principalmente porque a cantora se justificou mais tarde dizendo que não queria enfrentar os anônimos da Pipoca, para não destruir o sonho de ninguém.

— Não esperava a ida do Luciano para o primeiro paredão nem a indicação da Naiara. Foi incoerente da parte dela, principalmente depois no discurso de que preferia ser votada para sair. Mas estamos confiantes na permanência dele na casa, e também na torcida — diz Fabíola Hillesheim, namorada do ator.

Como estratégia na berlinda, a equipe do confinado decidiu direcionar os votos contra Natália, uma das mais votadas pela casa. Tudo para que o ator e bailarino possa curtir mais o período no reality show da TV Globo e seguir no sonho que não cansa de repetir: "ser muito famoso".

— Ele sempre dividiu comigo esse sonho. A intenção dele com a fama sempre foi deixar um legado, não ser somente um milionário. Luciano quer ter aquela sensação de ser reconhecido pelo trabalho. E ele também quer incentivar muita gente, tem um ótimo olhar, como numa agência de talentos. Quer dar oportunidades, compensando as que não teve. E já é assim com os amigos: "Por que não vira modelo? Por que não faz um vídeo?" E por aí vai — diz Fabíola, garantindo que a maior loucura que o amado já fez para ser famoso foi, definitivamente, encarar o "BBB 22".

Leia Também

Mas esta não é a única informação que despertou curiosidade do público em relação ao morador de Florianópolis. Luciano fala com frequência sobre experiências com um namoro aberto. No caso da relação com Fabíola, isso não significa que eles estão liberados para beijarem todo mundo, mas se o ator quisesse se relacionar com alguém no "BBB", ele estaria liberado.

— A gente não procura rotular nosso relacionamento. Temos nossos acordos, que são pessoais, do casal. Luciano já viveu uma relação aberta no passado e quando começamos a namorar, ele já tinha dito que não necessariamente todos os namoros seguintes precisavam ser assim. Sobre um possível beijo no BBB, está permitido, foi parte do nosso acordo. Mas não queria falar muito sobre isso — despista Fabíola, que namora o confinado há um ano e um mês.

Até mesmo sobre este assunto, a também catarinense acredita na importância de ter alguém como seu namorado falando abertamente sobre diferentes modelos de relação.

— Eu acho incrível. Essa variedade de relações já era para ser algo naturalizado, é algo que acontece muito, só que ninguém fala por medo de julgamento. E ele não tem medo de nada sobre isso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários