Elza Soares morreu aos 91 anos
Reprodução
Elza Soares morreu aos 91 anos

Morreu nesta quinta-feira (20) a cantora Elza Soares  aos 91 anos no Rio de Janeiro de causas naturais segundo informações confirmadas pela assessoria de imprensa de Elza.

" É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais " , conforme comunicado enviado pela assessoria da cantora.

A morte da cantora e compositora Elza foi destaque na imprensa internacional. O jornal argentino La Nación noticiou a morte da cantora apontando-a, no título, como lendária ”.

Já o norte-americano Washington Post recordou que Elza ficou famosa cantando samba no início dos anos 1960, antes de diversificar para outros gêneros, ganhando o título de cantora do milênio em um concurso da BBC de Londres em 1999.

A agência Reuters evidenciou o ativismo social que também marcou sua carreira. “Sua voz rouca tocou o público em todo o mundo com músicas que abordavam as dificuldades da vida no Rio, a justiça para as mulheres e o racismo na sociedade brasileira .

Leia Também

Rolling Stone, revista especializada em música também evidenciou as críticas sociais incorporadas por Elza a sua obra.  Foi aclamada por suas influências experimentais, que vão do afro-funk ao noise rock, e seu comentário social sobre a brutalidade policial, a violência contra pessoas LGBTQIA+ e a vida dos oprimidos no Brasil. Ela continuou produzindo música no final de sua vida e também recebeu indicações ao Grammy Latino por seus álbuns Deus é Mulher de 2018 e Planeta Fome de 2019 , segundo a reportagem publicada no site da revista.

O The Guardian foi direto: "Uma das melhores vozes brasileiras de todos os tempos ". Já a ABC News recordou que ela foi eleita pela BBC como a " voz brasileira do milênio " em 1999.

O site France 24h destacou a quantidade de trabalhos lançados por Elza ao durante quase sete décadas. “Com mais de trinta discos gravados em mais de 60 anos de carreira, a diva negra com seu timbre rouco característico foi considerada uma das maiores vozes da música brasileira .”

O portal português Diário de Notícias chamou: " Elza Soares, ícone da música brasileira, morreu aos 91 anos ". A publicação também ressalta que ela era considerada "uma das maiores cantoras " do país e que " esteve na sombra durante alguns anos ", mas " depois renasceu ".

O também português Público destacou que além de ícone da música brasileira, a artista, "n a década de 60 fez-se sambista, diva da 'bossa negra '".

O espanhol El Mundo escreveu que Elza era uma " das mais populares e queridas do país " . A publicação apontou que a cantora teve uma vida " marcada por êxitos, mas também pela superação da fome e do racismo ".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários