Alok foi acusado de apropriar músicas de DJs
Marcelo de Assis
Alok foi acusado de apropriar músicas de DJs


Após acusação de não pagar dupla de DJs por 14 hits, Alok se pronunciou nas redes sociais. Declarações da dupla de artistas Sevenn denunciaram o Alok para a revista estadunidense Billboard de não terem recebido crédito por 14 músicas. Além disso, eles disseram que são os verdadeiros criadores do Brazilian Bass, subgênero da house music. 


Nos stories, Alok diz que foi ameaçado com a matéria e sabia que ela iria ao ar. "Tem um bom tempo, não vou ceder a ameaças, até porque não tenho nada a esconder. Por isso ela está no ar", diz. 

Segundo Alok, o duo sempre fez parcerias com ele. "Eles estão sendo mal direcionados infelizmente", disse. "Quero deixar claro que nunca recebi nenhuma notificações deles sobre obras lançadas", disse. "O assunto é sério porque muitos artistas têm obras utilizadas por terceiros e não são creditados, mas não pode ser banalizado como eles fazem. O artista deve ir pelas vias judiciais", disse. 

Para Alok, a matéria é um ataque de Marcos Araújo , produtor da Audiomix e ex-empresário do artista. "Não faz sentido até ontem pedirem para fazer música comigo. O que acontece é o seguinte: tanto a minha carreira quanto a do Sevenn eram gerenciadas pelo mesmo empresário, o Marcos, da Audiomix", diz.

Leia Também

"Desde que fiquei ciente sobre várias coisas que a Audiomix estava fazendo com a minha carreira, de Jorge e Matheus e diversos outros, eu decidi reincidir meu contrato de forma pacífica. Desde que larguei a Audiomix vivo recebendo ameaças e sendo perseguido. Ele simplesmente não aceita e essa matéria não é surpresa", conta. Antes, Alok mostrou que as músicas não tiveram influência do duo de DJ's:

"As obras de maiores sucessos da carreira do Sevenn foram feitas comigo, inclusive a 'Boom', que eu nunca fui creditado por ela", disse Alok, dizendo que fez parcerias com a dupla. Logo depois, Alok mostra músicas que fez com a Sevenn e os projetos iniciais no computador dele. 

'Fuego', feita com Bhaskar, Alok diz que não teve nenhum auxílio de Sevenn. "O que acontece é que eles masterizavam minhas músicas. Processo comum que artistas fazem com estúdios para finalizarem masterizando a música para que ela fique compatível com as plataformas", afirmou Alok. "Todo mundo faz isso, eu faço no estúdio do Drake, do J Balvin", disse. 

Então, ele explica que sempre pagou os DJ's para fazer a master. "Tinha até briga no grupo para fazer a master", contou. "É muito comum os produtores pedirem sugestões, eu envio para vários produtores esperando feedback", disse. 

Sobre 'Un Ratito', ele diz que começou a produzir há cinco anos atrás e mudou muito. "Eu fui trabalhando a música nesse tempo, procurei parcerias, gravadoras, fiz tudo", disse. A produção foi feita com Kevin, que saiu do projeto e segundo Alok, foi assumida pelo DJ, que regravou tudo.

Alok também falou sobre as acusações de que não se importava coma situação da dupla na pandemia. Ele mostrou prints em que Kevin e o outro DJ agradeciam os royalties das músicas. Sobre o Brazilian Bass, ele diz que faz há mais tempo. "Eles se aproximaram do estilo graças a mim, eles já ouviam o meu estilo quando eu os conheci", disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários