Gilberto Nogueira no
Reprodução/Twitter
Gilberto Nogueira no "Altas Horas"

O economista e ex-BBB Gil do Vigor participou do programa "Altas Horas", exibido no último sábado (8), e foi aplaudido ao fazer uma fala sobre a importância da educação para o Brasil. O Gil do Vigor também compartilhou seus conhecimentos em economia e falou sobre a importância de se mudar quem ocupa os cargos públicos atualmente.

A fala aconteceu depois que Serginho Groisman fez perguntas sobre o motivo pelo qual a inflação é tão grande, a que Gil responde que existem muitas variáveis capazes de afetar o preço dos produtos e alimentos que vão além da taxa de juros.

Ele destaca que a falta de investimentos e até as falas de um presidente, por exemplo, podem gerar inflação. "Se o presidente falar algo errado, nós temos investidores, pessoas que olham pro Brasil. Imagina que você é um galã, que o Brasil é esse galã bonito. Se alguém chega e fala alguma coisa muito feia ou mostra alguma coisa que não é legal, a pessoa que queria ficar com você fala: 'Já não estou mais atraído por essa pessoa'", afirmou o economista.

Gil também lamentou o momento econômico e político do Brasil. "O Brasil está desandando muito em questões que não deveria. O nosso cenário atual está muito incerto. A gente sabe que pra colocar pessoas pra cuidar do nosso país Precisam de preparo acadêmico. O mínimo necessário. Pessoas que pensem no pobre, que pensem de fato em melhorar", disse.

Leia Também

"Não adianta o Brasil ser o país com o maior PIB, taxa de crescimento, se tem pessoas na miséria passando fome, morrendo", acrescentou.

Foi quando o economista citou a educação como base de tudo. "Se eu corto a educação, como o país vai conseguir inovar? Na minha visão como economista, medidas precisam ser tomadas, mas vai começar pela política. Se o cenário político do Brasil não mudar, se a confiança do brasileiro nas pessoas que estão assumindo os cargos para nos representar não mudar, as coisas nunca vão para frente", continuou.

"A gente tem que mudar na base, não acabar com os programas sociais. Quando a gente se humanizar e acabar com a miséria do Brasil, acabar com a fome, aí, independentemente de PIB, o Brasil vai melhorar. A gente vai deslascar o Brasil logo logo", concluiu.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários