Larrissa Ferreira, vocalista do Mastruz com Leite, conta que sofreu assédio de colega de banda
Reprodução/Instagram
Larrissa Ferreira, vocalista do Mastruz com Leite, conta que sofreu assédio de colega de banda

A vocalista do Mastruz com Leite, Larissa Ferreira, contou que foi assediada por um colega de banda. Sem citar o nome do músico, ela disse que foi assediada quando estava em casa e enquanto dormia ao lado do marido.

A cantora fala que ela e o marido Jean, o baterista da banda, deixaram o músico dormir na casa dela. Ela fala que o marido conhece esse homem há anos, mas diz que nunca foi amiga dessa pessoa nem tinha intimidade com ela.

Larissa fala que, na noite em que ocorreu o assédio, ela, o marido e o músico tomaram algumas cervejas e depois foram dormir. A cantora diz que na hora em que se deitaram o músico ficou em uma rede no quarto dela, o que já estava deixando ela incomodada. Até que no meio da noite aconteceu o assédio.

"Senti uma pessoa tocando em mim, tocando o meu corpo, beijando o meu rosto, me cheirando e segurando a minha mão nas partes íntimas dela. Esse homem fez isso comigo e eu deitada na minha cama, no meu quarto, e o meu marido do lado", conta

Larissa fala que na hora só se mexeu para o homem sair de perto. Ela fala que não quis falar nada na hora com medo da reação que o marido pudesse ter. Ela temia que Jean partisse para cima do ex-companheiro de trabalho e fizesse alguma besteira.

Leia Também

A vocalista do Mastruz com Leite conta que já sofria com crises de ansiedade e diz que elas pioraram após o assédio. "Fiquei com uma crise grande. Passei a semana toda vomitando e chegando o dia de viajar com a banda eu não estava tendo coragem. Não iria conseguir ficar no mesmo ambiente que esse homem", lembra.

Ela conta que só no dia em que iria viajar com a banda para fazer shows que teve coragem de contar para os patrões o que aconteceu. Ela fala que recebeu o apoio dos patrões e que esse músico foi expulso da banda. Larissa também revela que tem usado remédios controlados para conseguir controlar a ansiedade e seguir com os compromissos profissionais.

Ninguém tem o direito de tocar em mim. Ninguém tem o direito de tocar em nenhuma mulher se ela não deixar. Foi muita covardia. E o pior é que eu estava dormindo. Ele saiu daqui e trabalhou a semana todinha de boa porque ele pensou que eu não vi, ele pensou que eu só me mexi. Já chega da mulher sofrer essas coisas calada e só ficar adoecendo por dentro, escondendo por medo.

Após o pronunciamento de Larissa nas redes sociais, o perfil oficial da banda emitiu um comunicado. Na nota, os responsáveis pela Mastruz com leite dizem que estão tomando as medidas necessárias quanto ao músico e apoiando a cantora.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários