Supla
Reprodução
Supla


O cantor Supla, de 55 anos, comentou uma possível participação no "BBB 22" e revelou a condição para estar no reality da Globo. 

Em entrevista para a coluna da Patrícia Kogut, do O Globo, Supla confessou que só entraria na casa mais vigiada do Brasil se a Globo garantisse o valor do prêmio como cachê.

"Eu digo: 'Se me pagarem o valor do prêmio (R$ 1,5 milhão), eu entro'. Eu tenho respeito por quem quer participar, mas a exposição é grande. Algumas pessoas se inscrevem e realmente não tem nada a perder artisticamente. É claro que muitos temem manchar a reputação, outros ficam malucos lá dentro. Não é nada fácil. Eu faço terapia para cuidar da cabeça, mas o confinamento é pauleira. Tenho muita vontade de voltar a trabalhar em obras de ficção. De repente, faço essa retomada de contatos", revelou Supla.

Leia Também


O cantor, que participou do reality "Casa dos Artistas" há 20 anos e fez par romântico com Bárbara Paz, apontou que o reality do SBT era machista. Supla analisou o reality após relembrar uma lives feita com Bárbara, onde a atriz sugeriu comportamentos machistas do ex.

"Eu nem concordo com ela quando ela falou isso. O programa em si é que era machista. O Silvio Santos chamava a menina de 'pata'. Pelo que me lembro, eu não fiz nada de machista. Na minha visão, não. O que acontecia muito era a gente discutir o relacionamento e ela perguntar: 'Você quer ficar comigo ou não?' Mas ali eu pensava: 'Cara, a gente está dentro de um programa de TV. Deixa eu escolher o que quero fazer!' Eu nunca me coloquei como superior, como bonzão. Apesar dessas opiniões diferentes, eu tenho muito respeito pela Bárbara. É uma atriz que leva muito a sério o que faz", completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários