Supla, de 55 anos
Divulgação
Supla, de 55 anos

Supla, de 55 anos, está com a língua afiada. Na segunda-feira (20) o roqueiro abriu sua tradicional caixinha de perguntas e aproveitou o momento de interação para rebater um comentário nada produtivo que recebeu em seu perfil no Instagram.

"Você não tem vergonha de estar com 55 anos fumando e incentivando as pessoas a fumarem maconha?", questionou o seguidor. Em resposta ao comentário, Supla mostrou-se impaciente. "Não, não tenho. Tenho vergonha de você , eu incentivo as pessoas a irem atrás dos sonhos dela, a estudar, a fazer um esporte. Essa é a mensagem, certo?", disse ele, que finalizou em inglês. "Toma conta da sua própria vida".

Nos comentários o cantor, que é filho de Marta Suplicy, foi altamente apoiado por seus seguidores. "Tem gente que acha que pelo fato da pessoa defender a legalização da maconha, a vida dela se resume à isso", disse um fã. "Arrasou na resposta Supla! Você é super sensato e inspirador. Mas sabe como é né, sucesso alheio irrita muita gente", disse outro. "Certeza que quem mandou essa pergunta curte Sertanejo e frequenta rolê de Coach", ironizou outro. "Amei a resposta meu amor! Você tem 55 sempre jovem, inteligente e sempre querido... Ninguém incentiva a maconha, curte quem quer. Sou sua fã número 1 e nunca usei, nem tenho curiosidade", declarou mais uma seguidora. Assista ao vídeo. 

Durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2), o cantor apostou na reinvenção. Afastado dos palcos, o filho de Eduardo Suplicy, escolheu se tornar influencer nas redes sociais. Além disso, em conversa com o jornal Extra, ele declarou que diminuiu o consumo da maconha no período de distanciamento social. "Eu não sou cringe. Sou king. As novas gerações têm que vir mesmo para chutar a bunda dos velhos como os Sex Pistols fizeram com os Beatles. A minha já foi chutada várias vezes", brincou ele. Já sobre o uso da maconha, Supla revelou que reduziu o consumo durante a pandemia e agora só usa nos finais de semana. "No começo da pandemia fiquei cinco meses sem fumar. Agora, só fim de semana. É bom para o cérebro descansar", afirmou.

Sucesso nas redes sociais durante a pandemia, Supla cria vídeos divertidos para o TikTok e avisa que vai se render às dancinhas que viralizam. "Eu acho ótimo o aplicativo para dar oportunidade para novos talentos. Poxa, um cara da periferia pode mostrar a dança dele e explodir (...) A próxima música que vou dançar lá vai ser 'Pássaros chapados'", disse ao Extra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários