Marcelo Rezende e Fabíola Gadelha
Record
Marcelo Rezende e Fabíola Gadelha

Fabíola Gadelha, de 41 anos, detalhou recentemente a relação de trabalho que tinha com Marcelo Rezende, que morreu em 2017 após luta contra um câncer no pâncreas . Em entrevista ao "A Tarde é Sua", nesta segunda-feira (15), a jornalista revelou que os dois tinham uma boa parceria, mas que também protagonizavam algumas brigas e desentendimentos.

"Eu tive alguns perrengues com ele, alguns embates que ninguém sabe. Nós tivemos uma briga que eu disse para ele que não ía mais trabalhar com ele. E eu acredito que era isso que ele gostava em mim. Eu era eu, eu falava o que eu pensava, eu dizia 'você está errado, não pode, você vai ficar sozinho, ninguém vai querer mais trabalhar com você'", iniciou a repórter.

Uma das brigas, de acordo com Gadelha, começou após uma reportagem dela ir ao ar incompleta. À época, Rezende culpou Fabíola e não a emissora pela gafe. "Ele errou comigo no dia do aniversário do meu filho, sabe? Ele falou umas coisas ao vivo que não eram verdade, ele achava que era. E aquilo prejudicou muito, atrapalhou o aniversário do meu filho. E no dia seguinte, eu cheguei lá querendo pegar no pescoço dele. Falei 'você não pode mexer com o que é mais precioso para mim. Você fale o que você quiser para mim, mas você atrapalhou o aniversário do meu filho'", lembrou ela, que explicou que talvez ninguém da produção tenha conseguido avisá-lo que o trabalho não estava concluído.

"Eu falei para ele 'você não tinha esse direito. Eu nunca mais vou trabalhar com você'. E eu cheguei a falar para Record 'com o Marcelo eu não trabalho mais. Eu trabalho com qualquer coisa, mas com o Marcelo eu não trabalho mais', e eu falei isso na frente dele. Eu fiquei realmente magoada e eu não sou de segurar. E aí ele pegou e disse 'não, não pode, quê isso. Vocês vão deixar? A Fabíola é minha, é da minha equipe'. Mas passaram cinco dias, eu tive que fazer uma viagem, eu já tinha deixado tudo certo e, quando eu voltei, a Record me disse que o Marcelo pediu pelo amor de Deus para eu não sair do 'Cidade Alerta'", completou. Fabíola Gadelha, assim como Luiz Bacci, foi uma das queridinhas de Marcelo Rezende na Record TV. Antes de alçar à fama, ela trabalhava como repórter da afiliada de Manaus e se destacava por seu jeito único de entrevistar criminosos. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários