Polícia analisa celulares de pilotos de acidente aéreo com Marília Mendonça
Divulgação
Polícia analisa celulares de pilotos de acidente aéreo com Marília Mendonça


Os celulares do piloto Geraldo Martins Medeiros e do copiloto Tarciso Pessoa Viana, do acidente aéreo que matou a cantora Marília Mendonça e duas pessoas , foram recolhidos pela Polícia Civil de Minas Gerais nesta terça-feira (9).


Os aparelhos estavam entre os destroços da aeronave. A Polícia Civil também analisará a documentação do Departamento de Controle do Espaço Aéreo para averiguar se a torre de transmissão de energia elétrica da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) está fora da aréa de proteção do Aeródromo de Ubaporanga, em Caratinga (MG).

Recentemente,  um vídeo do sistema de segurança de um condomínio em Caratinga (MG) registrou a reação de um casal que assistiu a queda do avião que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas na sexta-feira (5).

A dentista Rossana Bortot e o marido estavam entrando em um carro quando perceberam o acidente. Rossana aparece assustada dentro do veículo, enquanto o marido sai do carro para ver o que aconteceu com a aeronave. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários