Travis Scott e Kylie Jenner
Reprodução
Travis Scott e Kylie Jenner

Um homem decidiu processar o rapper Travis Scott após se ferir na confusão que deixou oito mortos durante um show do artista na sexta-feira. Conforme a emissora CNN, que teve acesso ao processo, Manuel Souza alega que "sofreu graves lesões corporais quando a multidão descontrolada no show o derrubou e pisoteou". E solicita uma reparação no valor de US$ 1 milhão.

Conforme o escritório de advocacia Kherkher Garcia, que representa o frequentado do festival, alega que "os réus falharam em planejar e conduzir o show de maneira segura”.

Leia Também

"Em vez disso, conscientemente ignoraram os riscos extremos de danos aos frequentadores dos concertos e, em alguns casos, encorajaram e fomentaram ativamente comportamentos perigosos. Sua negligência grave causou ferimentos graves ao Requerente", diz a defesa.

Conforme as autoridades locais, o acidente que deixou dezenas de feridos, começou por volta de 21h de sexta (23h, no horário do Brasil). Assim que a apresentação de Scott começou, parte da audiência de 50 mil pessoas tentou se aproximar do palco, fazendo com que vários espectadores fossem esmagados.

Leia Também

Muitos desmaiaram e sofreram paradas cardiorrespiratórias. À CNN, o chefe do Corpo de Bombeiros de Houston, Samuel Peña, disse que 23 pessoas foram levadas para hospitais da região, 11 delas em estado crítico. Entre os feridos havia um menino de 10 anos. Todas as vítimas tinham entre 14 e 27 anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários