Registro do avião após cair em cachoeira
Reprodução/ Super Canal
Registro do avião após cair em cachoeira


A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) confirmou, na noite desta sexta-feira (5),  que o avião que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu o cabo de uma torre de distribuição da empresa em Piedade de Caratinga (MG). Marília, o produtor, o tio, o piloto e o copiloto não resistiram ao acidente.

Testemunhas contaram que o avião "rasgou fios de alta tensão ligados a uma torre" e por isso a aeronave teria perdido a sustentação e o motor. Os cinco corpos já chegaram ao IML de Caratinga, onde passaram por uma perícia.



Segundo o Cenipa, da FAB, três fatores básicos estão sendo considerados: humano, material e operacional. A ANAC informou que a aeronave estava em situação regular e com autorização para fazer táxi aéreo. A aeronave é um bimotor Beech Aircraft King Air, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários