Murilo Neves e sua parceira, que o denunciou
Instagram
Murilo Neves e sua parceira, que o denunciou

O ex-cantor Murilo Neves foi acusado de agredir Aline Ramos, uma empresária de Goiás. De acordo com o Natelinha, a mulher foi até a uma delegacia para registrar a ocorrência alegando que o rapaz teria lhe desferido tapas e socos, enquanto estavam dentro de um carro na área rural de Edealina [GO]. A empresária ainda afirmou que foi enforcada pelo companheiro e que só conseguiu escapar da morte por ter apertado a buzina.

"Há uns 15 dias ele me ameaçou verbalmente, mas esse final de semana a agressão foi com tapas, socos, enforcamento. Ele me deu uma 'gravata' e foi quando eu fiquei mais próxima da buzina e buzinei. A pessoas ouviram, foram até o carro e me tiraram de lá", disse ao G1. "Eu estava me sentindo mal, porque ele estava bebendo, fumando, xingando e, por eu não gostar desse tipo de coisa, eu me afastei. Entrei para dentro do carro e fiquei lá. Parece que um dos primos dele instigou ele. Ele estava bêbado, com a cabeça fraca e acabou tomando essa atitude", acrescentou ela.

Para quem não se lembra, Murilo ficou conhecido na região após se apresentar como Vitor, a partir de 2013, na dupla sertaneja Vitor e Tiago. Atualmente, o rapaz é empresário. Além desta ocorrência, o ex-músico responde a um processo, aberto em 2013, por sua ex-mulher, que também o denunciou por agressão. Até o momento o sertanejo não se posicionou sobre o assunto. Novos desdobramentos devem ser divulgados em breve. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Goiás.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários