Nego do Borel em lancha, no Rio de Janeiro
Instagram
Nego do Borel em lancha, no Rio de Janeiro


Nego do Borel foi encontrado pela Polícia Civil em um motel na Vila Isabel, Zona Norte do Rio de Janeiro. O cantor foi encontrado na tarde desta terça-feira (5). Segundo o G1, a informação foi confirmada pela Polícia Civil. Nego foi encontrado acompanhado de duas mulheres no Hotel Corinto, na região. Ele seria levado à Cidade da Polícia, onde a mãe de Nego, dona Roseli, está depondo com informações do filho. 

A polícia chegou a enviar equipes a a Itacuruçá, na Costa Verde do Rio, depois de receber informações de que o cantor foi visto naquele distrito de Mangaratiba na tarde desta segunda-feira (4). 


Nego do Borel, de 29 anos, começou a terça-feira (5) entre os assuntos mais comentados do dia. Ele estava Desaparecido desde 12h00 de segunda-feira (4) , fãs do subiram a tag "Força Nego" em suporte ao cantor. "Eu tenho pena da vida de vocês com o karma que vocês vão sentir desejando a morte de uma pessoa, eu tenho muita pena. A lei do retorno vem e vem forte, pense bem antes de sair por aí destilando ódio na internet", disse uma admiradora do funkeiro identificada como Tata. 

A mãe de Nego do Borel fez um boletim de ocorrência no início da noite da segunda-feira (4), na Delegacia Policial do Recreio dos Bandeirantes, após o desaparecimento do cantor um pouco antes do meio-dia. Roseli Viana contou aos policiais que foi alertada por amigos da família que o cantor andava bem depressivo nos últimos dias e tinha ligado para algumas pessoas se despedindo.

Leia Também

Na segunda-feira (4), antes de sumir, ele chegou a postar um texto na página oficial no Instagram: "Família, infelizmente estou tentando não deixar isso que aconteceu me abater, mas infelizmente tô aqui pra falar pra vocês que hoje a depressão me tomou. Acabei de chegar de uma festa muito depressivo. Não estou me vitimizando, mas quando vejo que tentei dar o meu melhor em um jogo que mexe com o nosso psicológico, e eu saio envergonhando a minha família e meus amigos, eu me quebro", disse. 

Leia Também

"Em todos os lugares que vou as pessoas só falam de 'A Fazenda', que estavam torcendo por mim, que parou de assistir porque eu saí... Mãe, eu te amo e te peço perdão por mais uma vez ser um idiota. Fui burro de ter ido para esse reality, mas eu achei que ali eu ia conseguir mostrar o filho, o amigo, o neto, o Leno Maycon que eu sou! Prometo que vou tentar melhorar, mas mãe... dessa vez eu estou tentando entender o que aconteceu. Eu não fiz nada e fui jogado para fora igual a um lixo!", completou na legenda. 

Leia Também

Um antigo perfil dela foi hackeado e utilizado para divulgar informações falsas do cantor.  Desde que dona Roseli perdeu a conta @roselivianaofc, ela criou o perfil @roselivpereira, que é o que vem utilizando atualmente. Os hackers que se apropriaram do perfil antigo utilizaram os stories para dar supostas notícias do desaparecimento de Nego: "Gente, daqui a pouco vai dar 24h e ele não apareceu. O telefone está dando desligado. Peço a ajuda de vocês para orarem por ele, independente da crença de cada um de vocês, por favor", diz a mensagem.

Acusação de armação

A mãe de Nego, dona Roseli e a assessoria do cantor foram acusados de terem 'armado' o sumiço do cantor para chamar a atenção e desviar o foco da acusação de estupro de vulnerável e agressão contra mulheres.  Para a coluna de Fábia Oliveira, Roseli negou todas as acusações e disse que estava desesperada pelo paradeiro do filho. 

"Eu ainda me assusto muito com a crueldade das pessoas. Cresci na comunidade onde as pessoas se apoiam sem julgar uns aos outros. E falar que o sumiço do meu filho é uma invenção minha junto com a assessoria dele para chamar a atenção é tão absurdo que eu prefiro nem responder. Neste momento eu sou uma mãe desesperada tentando juntar forças para ajudar a polícia com o que eu posso para achar o meu filho, que é o que realmente me interessa. Tenho certeza que quem é mãe agora, entende ou pelo menos imagina o que estou passando. Não desejo para ninguém", desabafou dona Roseli com exclusividade à coluna.

E continuou: "As pessoas estão muito ruins. E isso me dói muito. Estou orando muito a Deus e pedindo que proteja o meu Maycon e que não permita que nada aconteça com ele. Mas caso aconteça, espero que entendam que vocês que estão vindo espalhar o ódio com comentários maldosos nas redes sociais dele, a imprensa que só condenou e não deu voz para ele, todos vocês terão um pouco de sangue nas mãos também. A todos que ainda têm coração, eu peço que orem junto comigo. É uma mãe desesperada quem está pedindo", pediu a mãe do cantor, que já registrou um boletim de ocorrência pelo sumiço de Nego, ainda nesta segunda-feira (4).

Expulsão de 'A Fazenda'

Desde setembro, a Polícia Civil de São Paulo investiga Nego por suspeita de estupro de vulnerável contra a modelo Dayane Mello no reality da TV Record. Após pedidos de patrocinadores e fãs do programa, a emissora expulsou o cantor do programa. 

Advogados da modelo registraram a denúncia na Delegacia de Itapecerica da Serra, em São Paulo, onde o programa acontece. A defesa da participante afirma que após uma festa no dia 24, o cantor deitou em uma cama com Nego e diversas vezes pediu para ele parar a ação. 

Fora do reality, Nego do Borel se defendeu e alegou estar sendo "perseguido". Num vídeo publicado numa rede social, chorou e ameaçou tirar a própria vida. "Eu não estou entendendo. Vou acabar tirando a minha vida, não estou blefando, estou falando do fundo do meu coração. Estou querendo saber o que fiz para merecer tanto ódio, estou sendo chamado de bandido. Amigos me abandonaram, não quiseram me escutar", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários