Após demissão, Alexandre Garcia negocia com Jovem Pan
Reprodução/Divulgação
Após demissão, Alexandre Garcia negocia com Jovem Pan


O jornalista Alexandre Garcia foi demitido da CNN Brasil na última sexta-feira (24) e está negociando para ingressar a equipe da Jovem Pan.


A emissora decidiu desligar o comentarista após ele reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada.

Leia Também

Segundo a CNN Brasil, o quadro “Liberdade de Opinião”, no qual atuava Alexandre Garcia, continuará na programação da emissora, dentro do jornal “Novo Dia”. Em comunicado difundido internamente, a emissora declarou que "reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, [que são] pilares da democracia e do bom jornalismo".

Após ser demitida, o jornalista publicou um vídeo sobre sua saída e criticou professores, a quem acusa de "lavagem cerebral" sem apresentar provas. Alexandre segue produzindo conteúdos para o canal próprio no YouTube. No vídeo, ele leu e comentou o comunicado da CNN.


"Me perguntaram na sexta sobre a CPI da covid, vacinação e tratamento. Não podia decepcionar aqueles que foram meus alunos ao longo de todos os anos. Se eu digo uma coisa eu tenho que praticar e digo: não aluguem a sua cabeça, pensem, que seu cérebro não seja abduzido, não permitam que professores façam lavagem cerebral, que o medo dos colegas te encolha e não tenha pensamento próprio. Você pode até me contrariar, cada um tem seu pensamento. O que não pode ser normal é que a pessoa seja num rebanho, acéfalo", disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários