Duda Reis
Reprodução Instagram
Duda Reis

Duda Reis, que acusou Nego do Borel de violências físicas e psicológicas , não está nada contente com a participação de seu ex-namorado em "A Fazenda 13". Com pouco mais de uma semana de reality, a atriz acusou a Record TV de tentar limpar a imagem do cantor, além de cogitar que a produção do programa tenha o orientado a adotar um determinado comportamento vitimista de frente às câmeras.

"Tem gente que não sustenta o personagem nem com 10 minutos de confronte ou conversa. O pior é quem compra a pose de 'pobre coitado', excluído, injustiçado, bom moço… me poupe! Impressionante como querem enfiar goela abaixo uma imagem de 'vítima' para o agressor. Machismo puro!", escreveu Duda Reis, em seu perfil no Twitter, referindo-se ao cantor.

"É revoltante ver um cara que bate em mulher sendo enaltecido! Se em câmeras você já vê que o comportamento é agressivo, imaginem em casa e convivendo, de fato. Gente, mulheres morrem todos os dias por causa desse silenciamento. Essa emissora silencia a mulher, não é normal", continuou a atriz, criticando o fato de a Record ter escolhido Nego para entrar no programa.

"Eu tenho todo o meu direito, assim como qualquer vítima de violência doméstica, de ficar apavorada com as pessoas que querem reverter a imagem de um agressor. Como colocam um homem com TRÊS denúncias de TRÊS mulheres rolando na justiça, na televisão? Ninguém tá 'chutando cachorro morto', aquilo é um agressor! Agredir mulheres é crime! O normal é você NÃO compactuar e não fingir que nada aconteceu. Aconteceu sim! Com mais de TRÊS mulheres", enfatizou Duda, referindo-se a Swellen Sauer e mais uma ex-namorada do cantor.

Logo em seguida, a influencer relatou que tem sofrido ameaças de homens e mulheres em seu perfil no Instagram por conta da denúncia feita contra Nego do Borel. "Vocês não têm noção dos directs e das mensagens que eu tenho recebido, de mulheres e de homens falando atrocidades. Eu não suporto mais ler, não tenho conseguido entrar no Instagram. A mulher denuncia, fica fodida psicologicamente, passa por várias perícias, extremamente revitimizada, enquanto o agressor vai para reality mostrar que é uma perda de tempo a mulher denunciar? Porr#! Me poupe Record, eu falo mesmo! Não tenho um pingo de medo peitar", escreveu a moça.

Em seu desabafo, a atriz ainda especulou que a emissora tem trabalhado o conteúdo do programa de forma que beneficia Nego do Borel. "Esqueci que a emissora manipula [as imagens]… se bobear já até o aconselharam a não beber e a começar a pregar sobre Jesus Cristo lá, o bispo deve ficar orgulhoso Cara sorridente com os olhos em forma de coração. Também devem ter pedido para ele se excluir e chorar olhando para as câmeras. Passadores de pano, silenciadores de mulheres", continuou ela.

"Gente, vocês têm noção? Sempre foi assim! A equipe sempre pisou em ovos, porque todos morrer de medo do comportamento agressivo. Ele só escutava quando falava de carreira ou boa imagem. A Record está ajudando esse cara", complementou ela, dando a entender que a emissora tem "mexido os pauzinhos" para limpar a imagem do cantor.

Leia Também

Por fim, Duda Reis mostrou-se cansada de remar contra maré. "Ai, sinceramente. Não aguento mais nada disso. Sinto que fiz tudo em vão, não suporto ver pessoas defendendo um agressor. Minha força está literalmente acabando, sinto uma impotência e uma tristeza surreal de ver tudo isso. Uma pena. Eu só queria poder ter 20 anos de fato e não ter essa carga enorme nas minhas costas todos os dias. Queria ser tratada como uma jovem NORMAL ou pelo menos não ter que me provar o tempo inteiro sendo a vítima. Eu não sei o que é ser jovem, às vezes lamento muito por isso", encerrou.







    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários