Mahmoud
Reprodução/Youtube
Mahmoud

O ex-BBB Mahmoud Baydoun movimentou seu ciclo de fãs na internet após se posicionar sobre a crise no Afeganistão de maneira inusitada . Na segunda-feira (16), o sexólogo alegou que estava usando o Grindr para tentar ajudar os LGBTs em Cabul, entretanto, não estava obtendo sucesso. A fala e o ato do realitier tiveram grande repercussão nas redes, principalmente no Twitter, conferindo críticas ao mesmo.

Após receber ataques e ser satirizado, Mahmoud resolveu responder à repercussão. "Eu já fugi de uma guerra. Sei muito bem o que é isso. Jamais faria uma piada sobre este assunto. No ano de 2006, o Brasil enviou aviões ao Líbano para resgatar brasileiros e sou grato por tudo isso. Realmente, a minha intenção era a de ajudar e fui mal compreendido", disse ao colunista Leo Dias.

"O Grindr é uma rede social! Ele foi feito para as pessoas socializarem, mas todos usam apenas para putaria. Acho que fui inocente ao falar isso. Não imaginei que seria massacrado. No Twitter, no Facebook, você não consegue mudar a sua localização para encontrar quem está mais próximo de ti. Esse foi o motivo pelo qual eu disse que usaria o aplicativo para ajudar os gays que desejam ajuda para vir ao Brasil", explicou ele, que completou. "Eu de fato, talvez não conseguisse ajudar ninguém, mas agi com inocência, ingenuidade e boa vontade", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários