Silvia Catra falou de traições
Divulgação
Silvia Catra falou de traições


Silvia Catra, viúva do funkeiro Mr. Catra, contou que perdoou 27 traições por parte do cantor, que morreu em setembro de 2018 após batalhar contra um câncer de estômago. Os dois foram casados por 23 anos. 

“As pessoas falam: ‘Nossa como você suportou?’. Eu não achava tão ‘nossa’. Se você for olhar ao redor acontece nas melhores e piores famílias. É muita hipocrisia dizer que eu fui corna e não perdoei. Toda mulher foi corna uma vez e quando ama você perdoa. A pessoa é que é abusada e abusa do perdão. Eu perdoei 27 vezes”, afirmou Silvia em entrevista ao podcast Cortes de Barba.

Ela contou que via no artista "uma figura de paizão", já que não teve a presença do pai na infância. “As pessoas sempre me fazem essa pergunta de como eu suportei tudo. Eu amei o Wagner demais e eu tinha nele uma figura de paizão. Eu não tive pai. Eu amava o meu pai, mas ele não me criou e não teve aquela convivência", disse.

"Quando nova eu achava que a presença de um pai na família era muito importante e o Wagner foi aquele amor platônico e eu achava que eu tinha que passar por aquilo. Deus não te dá o fardo que você não possa carregar”, completou.

Silvia é mãe de cinco dos 32 filhos de Mr. Catra. Além dela, ele tinha várias outras mulheres fora do casamento, tendo três esposas no total, os 32 filhos e quatro netos. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários