Record é acusada de favorecer Pyong Lee em reality
Reprodução/Instagram
Record é acusada de favorecer Pyong Lee em reality

O "Ilha Record" aina nem estreou, mas a participação de Pyong Lee no reality está dando o que falar. Primeiro rolou um boato de que  ele teria traído a esposa com Antonela Avellaneda e agora, segundo o colunista Leo Dias, outros participantes do programa estão acusando a emissora de favorecer hipnólogo no jogo.

Um dos participantes disse que a Record teria mudado as regras do reality em um momento para favorecer o influenciador, tanto que ele seria um dos finalistas. "Existe uma prova que define o guardião da semana. Esse guardião fica imune, mas não pode participar das competições enquanto for guardião. Ele é apenas um líder do grupo. Quando o Pyong venceu a prova e virou o guardião, a emissora deixou ele participar das provas, mudando, assim, as regras na vez dele. Do início ao fim, beneficiam o Pyong e não sei qual o intuito da Record nisso", diz o membro do elenco.

O "Ilha Record" estreia no próximo dia 26 e terá apresentação de Sabrina Sato. O programa foi gravado em Paraty e deu o prêmio de R$ 500 mil para o vencedor, já o público escolherá um favorito que vai levar R$ 250 mil. A atração vai substituir o "Power Couple" na grade de programação e será exibido nas noites de segunda a sábado.

O reality show contará com a participação de famosos que competirão pelo prêmio. Estarão no programa: Antonela Avellaneda, Any Borges, Claudinho Matos, Dinei, Laura Keller, Lucas Selfie, MC Negão da BL, Mirella Gêmea Lacração, Nadja Pessoa, Nanah, Pyong Lee, Thomaz Costa e Valesca Popozuda.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários