Ivete Sangalo recebe críticas por postura isentona
Reprodução/Instagram
Ivete Sangalo recebe críticas por postura isentona

Ivete Sangalo ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter no domingo (20). A cantora recebeu críticas após fazer uma postagem no Instagram falando sobre os 500 mil mortos por Covid-19 no Brasil. Na legenda, Sangalo escreveu. "Não é natural. Não é uma mentira. É estarrecedor pensar sobre as milhares de vidas ceifadas e dores irreparáveis em torno dessas perdas. Não é sobre partidos, é sobre humanidade".

Apesar da boa intenção, a cantora foi considerada "isentona" por seguidores , que ressaltaram que o assunto, ao contrário do que disse a mesma, se trata de partidos e políticas públicas. Com a onda de críticas, não demorou e o discurso de Ivete Sangalo viralizou.

Diversos usuários, fãs ou não da artista, criticaram a postura isenta da baiana em evitar citar o nome do presidente Jair Bolsonaro, que com frequência recebe críticas por conta de sua postura no combate à pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2).

"Acho que a Ivete tem muito a esconder sobre o voto nas últimas eleições. Só pode! Mas que muro alto da porra, mermão. Meio mundo de gente perdendo a vida, e a mulher ainda tá em dúvida se diz ou não #ForaBolsonaroGenocida? 'Silascar'", reclamou Fã. "'Não é sobre partidos'. A Ivete até para lamentar os 500 mil mortos ela se isenta", comentou outro admirador.

Ao contrário de Ivete Sangalo, Juliana Paes, entre outros famosos considerados "isentões" , Samantha Schmütz e Chico Buarque usaram suas redes sociais para falar homenagear os parentes das vítimas da Covid-19 e protestar contra o presidente da República.

Você viu?







    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários