Pepita e Patrícia Abravanel
Reprodução Instagram / Reprodução SBT
Pepita e Patrícia Abravanel

A cantora Pepita, que se apresentou na segunda Parada LGBTQIA+ on-line, mandou um recado para Patrícia Abravanel, que polemizou por conta de comentários homofóbicos recentemente , durante sua participação no evento. "Não fale de vivência, se você não teve. Não fale de pessoas se você não conhece, não fale de letras [sigla queer] se você não sabe nem se expressar. Você já perguntou se eu te aceito como apresentadora de alguma coisa? Se eu aceito você na minha rede social? Então, porque você se acha no direito de opinar na minha vida? O dia que eu precisar de uma opinião, com certeza, não será a sua", disse a artista.

No Twitter, Pepita recebeu apoio dos fãs. "É por isso que eu amo a Pepita", disse uma admiradora. "Esmurou a Patrícia Abravanel", comentou, em tom de humor, outro fã. Confira mais reações coletadas da plataforma.



Você viu?


Além do discurso de Pepita, o evento chamou atenção pela homenagem a Paulo Gustavo, que morreu por conta da Covid-19 após dois meses internado. O ator era conhecido por interpretar a caricata Dona Hermínia, uma dona de casa focada em criar os filhos da melhor maneira que pode. 

A transmissão da Parada LGBTQIA+ foi feita em 12 canais do YouTube e quem comentou tudo foi o casal de influenciadores digitais Eduardo e Filipe, do Diva Depressão. Já o Alberto Pereira, Bielo Pereira, Lorelay Fox, Lucas Raniel, Nataly Neri e os outros convidados, fizeram debates sobre o HIV/AIDS e a saúde mental.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários