Roberta Miranda
Divulgação
Roberta Miranda


Roberta Miranda foi condenada a pagar R$ 10 mil a um segurança de Gusttavo Lima. Isso poque, em 2019, a cantora publicou um vídeo nas redes sociais ofendendo Paulo Sérgio de Matos, que a barrou em bastidores de show.

Segundo a assessoria da cantora informou ao G1, a decisão não é definitiva. O advogado Ortelio Viera afirma que vai recorrer da decisão, considerando que "a cantora foi ofendida, em primeiro lugar, e que o juiz não respeitou o direito de defesa de produzir provas".

O que aconteceu em 2019

O relato da decisão é que, em outrobro de 2019, Miranda foi barrada por Paulo nos bastidores de um show de Gusttavo Lima em São Paulo. Irritada, a cantora gravou um vídeo para registrar que o segurança teria sido grosseiro com ela. Na gravação, ela diz que ele é "asqueroso" e "sem educação".

"Esse homem é asqueroso, ele não tem educação. Você, Paulão, não tem educação. Você é um forte candidato a levar chifre das mulheres. Porque homem tem que ser educado, delicado, entendeu? Tem que ter elegância e você não teve", diz no vídeo. "Eu estou indignada com você. Eu estou com ânsia de vômito. Deus me livre de ter um segurança como você. Eu mandava embora".

Roberta não apagou a publicação de suas redes sociais. Assista:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários