Luciana Giemenez e Antonia Fontenelle
Divulgação RedeTV! / Reprodução Instagram
Luciana Giemenez e Antonia Fontenelle

Antonia Fontenelle debochou do processo movido por Luciana Gimenez contra ela nesta quinta-feira (13). Em seu canal no YouTube, Fontenelle realizou uma live e permaneceu em silêncio por 20 minutos, simbolizando a censura a qual supostamente está sofrendo. Após esse período exclamou. "Sabe quando alguém vai me esculachar? Nunca! Estou [pagando] para ver", disse ela.

"Não tenho nada contra a Luciana Gimenez . Entendo que ela esteja passando por uma fase muito difícil. Eu entendo, mas me preocupa o pedido dela. Não preocupa os R$ 10 mil... eu empresto para ela, qualquer coisa depois ela me devolve. O meu protesto aqui é para quem chancelou esse pedido absurdo. Infundado. Para a gente proibir que uma pessoa fale de outra tem que ter um histórico que desabona a pessoa, que persegue na rede social, não foi o que fiz", dissertou Antonia Fontelle , debochando da quantia da indenização do processo. 

"Se você juntar de 'Superpop' e 'Luciana By Night' deve ter no mínimo uns 50 programas meus. Eu sempre fui lá responder perguntas idiotas, e não era para falar de vida profissional, não. Era para rasgar minha vida pessoal. Porque eu sempre soube que a minha luta não seria no programa de Luciana que eu conseguiria credibilidade. Eu ia para ajudar na audiência. Nunca tive problemas com ela... agora um juiz permitir isso [censura]?", acrescentou a youtuber .

"Meus advogados perguntaram se eu queria recorrer. Não quero recorrer, não tenho nada para falar dela. Me pediram R$ 10mil, tudo bem eu empresto, mas depois tem que devolver", encerrou Antonia , que se despediu da live em seguida. 

Você viu?

Luciana Gimenez está processando Jorge Kajuru e Antonia Fontenelle por conta de críticas que o jornalista teceu em participação no canal de Antonia. Proibida de citar o nome de Luciana, Antonia já desafiou Gimenez anteriormente. Em suas redes sociais, por exemplo, ela chamou a ex-modelo de "senhora cansada".

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o processo contra Fontenelle, que estava em trâmite na 3ª Vara Cível do Foro Regional XI, de Pinheiros, fez menção a ação onde Kajuru é réu, uma vez que se direciona à mesma live no YouTube. Desta forma, o magistrado entendeu que, para evitar decisões conflitantes, as duas devem ser decididas pelo mesmo juiz.

Conforme a decisão, a exposição que foi apresentada por Gimenez foi insuficiente para afastar a possibilidade de conexão com a de Kajuru. Com isso, o processo agora será encaminhado para a 1ª Vara Cível do Foro Regional.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários