Thales Bretas
Reprodução Globo
Thales Bretas

Thales Bretas, viúvo do humorista Paulo Gustavo, que morreu por conta da Covid-19 , concedeu uma entrevista ao "Fantástico" no domingo (09). Durante o papo, o dermatologista falou sobre a união com o ator e -- emocionado -- declarou que pensa em um jeito de contar aos gêmeos de que "papai Paulo" não irá mais voltar. 

"Eles sempre pedem para ver o 'papai Paulo'. Eles ficam dizendo 'papai Paulo tá dodói'. Agora eu estou tentando explicar que o papai Paulo virou uma estrelinha e está olhando a gente lá de cima", disse Thales .

"Ele vai ser sempre o amor da minha vida. É muito difícil não ter aquele cara especial em nossas vidas, como o pai dos meus filhos. Eu ainda estou vivendo aquele momento de aceitação, da perda", continuou. 

"Ele me transformou para o resto da minha vida. Nunca mais serei a mesma pessoa. Foram os sete anos mais felizes da minha vida. E continuarei cuidando dos nossos filhos", acrescentou o dermatologista.

Você viu?

Paulo Gustavo tinha 42 anos e morreu após ficar dois meses internado  por conta da Covid-19. Ele foi cremado na última quinta-feira (06) e recebeu homenagens de anônimos e famosos.

Carreira de Paulo Gustavo 

Apesar de ter sua carreira marcada pela personagem Dona Hermínia, o ator já fez de tudo um pouco no universo das artes, passando pela Globo, Record, cinema e teatro. 

Na televisão, ele atuou em grandes produções como em "Prova de Amor", novela da Record; "A Diarista", minissérie da Globo; o seriado "Sítio do Picapau Amarelo"; a minissérie "Casos e Acasos"; "Vai Que Cola", do Multishow", entre outros. 

No cinema, ele integrou projetos de grande destaque nacional, como "Xuxa e o Mistério de Feiurinha", "Divã", "A Guerra dos Rocha", "Fala Sério, Mãe" e, claro, "Minha Mãe é Uma Peça" e suas sequências. Por fim, no teatro, Paulo Gustavo teve uma passagem mais curta, atuando em "João Ternura", "Surto", "Infraturas", "Hiperativo", "Online" e seu grande sucesso "220 Volts". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários