Regina Duarte
Divulgação/Globo/Ramón Vasconcelos
Regina Duarte

Regina Duarte publicou uma retratação no Instagram por divulgar fake news envolvendo Marisa Letícia Lula da Silva. A atriz e ex-secretária da cultura pediu desculpas por uma postagem feita em abril de 2020  na qual falava que foram encontrados R$ 256 milhões em contas no nome da ex-primeira dama.

A atriz foi condenada pela 12ª Vara Cível de Brasília por ter compartilhado fake news. Ela diz que o pedido de desculpas é sincero e falou que fez a publicação com base em "fontes oficiais públicas e amplamente divulgada por meios de comunicação", mas que a informação divulgada "veio posteriormente a revelar-se errada".

Regina disse que apagou a publicação assim que descobriu que ela continha informações falsas. "Nunca foi minha intenção divulgar uma inverdade ou propagar fake news. Infelizmente, neste caso, fui induzida a erro e quero por isso estender, pelo sucedido, um sincero pedido de desculpas à memória de D. Marisa Letícia e a sua família", escreveu a ex-secretária da cultura.

Duarte falou que se manteve em silêncio até o momento porque o processo judicial ainda estava aberto e que está se pronunciando somente agora que a sentença foi publicada. "Enquanto cidadã brasileira e acérrima defensora de um Estado democrático e plural, considero a sentença do Juiz Manuel Eduardo Pedroso Barros paradigmática e exemplar no que remete à defesa da liberdade de expressão e também reveladora sobre o perigo das fake news em nossa sociedade", continua.

"Finalizo agora , reiterando os meus sinceros pedidos de desculpas a quem eventualmente eu possa ter ofendido", conclui Regina Duarte.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários