Sylvester Stallone e Pelé durante as gravações do filme
Reprodução
Sylvester Stallone e Pelé durante as gravações do filme "Fuga para a Vitória"

Sylvester Stallone revelou Pelé -- sim, o jogador de futebol -- quebrou seu dedo com uma cobrança de pênalti durante as gravações do filme "Fuga para a Vitória" (1981). As duas lendas se encontraram e trabalharam juntos no filme que conta a história de um grupo de prisioneiros de guerra.

Em entrevista à BBC para promover seu último filme, Stallone comentou: "Esse foi um dos pontos baixos da minha vida. Que chute eu levei! Ainda estou com um dedo quebrado por tentar defender um pênalti de Pelé.".

"Ele calçou um par de sapatos da Segunda Guerra Mundial, com ponta de aço, e a bola era como uma bala de canhão, tinha o dobro da espessura e do peso das bolas de futebol de hoje", contou o ator.

"Ele estava me dizendo que ia chutar e eu pensei: 'É futebol, qual é o problema? É fácil'. Ele veio para cobrar um pênalti e me disse exatamente onde iria colocá-lo, então eu fiquei lá, mas a bola passou por mim antes que eu pudesse me mover. Ele colocou exatamente onde tinha dito. Ele fez de novo, e isso rasgou a parte de trás da rede e quebrou uma janela no quartel onde estávamos filmando. Eu perguntei: 'Você está brincando comigo?'", relembrou

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários