Alessandra Veiga reforça que Tom Veiga foi agredido
Reprodução/Record
Alessandra Veiga reforça que Tom Veiga foi agredido

Alessandra Veiga, segunda ex-mulher de Tom Veiga e com quem o intérprete do Louro José teve dois filhos, voltou a criticar Cybelle Hermínio, a terceira esposa do artista. Alessandra reforçou novamente que o ex-parceiro de Ana Maria Braga foi vítima de agressão e disse que Cybelle foi desrespeitosa ao negar essas acusações e "tentar virar o jogo".

Durante uma entrevista que deu ao "Domingo Espetacular", Cybelle disse que não agrediu Tom Veiga e que ele não se dava bem com os filhos. Ela falou que o artista "se sentia um caixa eletrônico"  para os herdeiros. Segundo o jornal Extra, Alessandra fez um comentário no Instagram após a exibição do programa e reforçou que recebeu mensagens de Tom relatando as agressões sofridas e fotos mostrando os hematomas.

"Foi desrespeitosa com os filhos na tentativa absurda de virar o jogo, mudar o foco da agressão. Contra fatos não há argumentos. É a voz dele ali contando. Eu acredito nele. Todos mentem, só ela não? Falou nada com nada", escreveu.

Segundo Alessandra, Tom Veiga estaria com vergonha de denunciar as agressões. Já Cybelle diz que nunca houve agressão de nenhuma das partes. "Nada disso é verdade. Nunca houve violência, de ambas as partes. Uma pessoa que realmente é agredida tem interesse em perguntar como a outra está, ir até você? Eu diria que é contraditório", falou em entrevista ao "Domingo Espetacular".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários