Dayane Mello
Reprodução Instagram
Dayane Mello

A final do "Grande Fratello VIP", versão italiana do "BBB", foi realizada na segunda-feira (02). A brasileira Dayane Mello, que era finalista da atração, acabou terminando em quarto lugar . Em sua conta do Instagram, ela agradeceu o apoio de seus conterrâneos enquanto estava dentro da casa.

"Olá, Brasil! Eu sou muito orgulhosa de ser uma brasileira e... eu queria agradecer por todas as mensagens de carinho e apoio que recebi, por tudo que fizeram enquanto estava confinada. Eu serei eternamente grata, obrigada", disse ela. 

Ao longo do reality show, Dayane esteve 11 vezes no paredão , mas se salvou de todos. Mesmo sobrevivendo, a modelo não é querida pelo público europeu. Ela, inclusive, foi vítima de ataques machistas e xenofóbicos durante os meses no programa.

Recentemente, a brasileira também se assumiu bissexual . Ela disse que estava apaixonada pela atriz Rosalinda, uma de suas únicas aliadas no jogo. O irmão de Dayane disse que já sabia da sexualidade da modelo e alegou que ela foi muito corajosa de falar sobre isso na televisão.

Dayane, entretanto, foi rejeitada por seus colegas de confinamento após assumir sua bisexualidade. Durante os dias seguintes, ela teve sua sexualidade questionada em vários momentos. 

Apesar dessa passagem conturbada, Dayane Mello conquistou fãs do outro lado do oceano. A modelo caiu nas graças dos brasileiros, que passaram a apoiá-la no "Grande Fratello Vip". Os fãs fizeram mutirões de votação para ela permanecer no reality, mas não adiantou. Celebridades como Boninho e Ana Maria Braga também declararam apoio a ela.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários