Bruno Mars
Reprodução/Twitter
Bruno Mars


Uma senhora de 63 anos foi enganada por um perfil falsa de Bruno Mars no Instagram, em Houston, nos Estados Unidos. O responsável pelo golpe, que iniciou um romance fictício com a mulher, conseguiu tirar US$ 100 mil dela. As informações são do portal da ABC.

De acordo com os documentos de acusação, Chinwendu Azuonwu faz parte de um esquema que aconteceu entre setembro e outubro de 2018 envolvendo uma mulher de 63 anos do norte do Texas. Ela disse aos investigadores que estava procurando uma companhia e encontrou uma pessoa que acreditou ser Bruno Mars. 

Você viu?

Azuonwu a fez crer que o cantor de fato queria ter um relacionamento com ela. Documentos afirmam que a mulher se apaixonou pela conta da Mars e, na época, acreditava que ele era o verdadeiro cantor. O golpista começou a pedir dinheiro à mulher. De acordo com os investigadores, ela foi convidada a pagar um cheque de US$ 10 mil a um "amigo da banda" para "despesas da turnê" e, dois dias depois, sacar mais dinheiro, desta vez no valor de US$ 90 mil.

Cada montante foi depositado em contas separadas, uma de Azuonwu e outra de um suposto cúmplice, Basil Amadi. Os investigadores interrogaram Azuonwu e Amadi separadamente. No documento, Amadi disse que conhecia Azuonwu, mas Azuonwu alegou não conhecer Amadi.

Ambos foram acusados ​​de lavagem de dinheiro. No Tribunal de Causa Provável do Condado de Harris, a fiança de Azuonwu foi fixada em US$ 30 mil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários