Dupla sertaneja é condenada a pagar R$ 21 mil de indenização a idosa
Reprodução/Instagram
Dupla sertaneja é condenada a pagar R$ 21 mil de indenização a idosa

A dupla sertaneja Bruno e Barreto foi condenada a pagar uma indenização de R$ 21 mil a família de uma idosa. Os cantores teriam exposto a mulher durante uma entrevista que deram a  Danilo Gentili no programa "The Noite", do SBT, em 2016. Os artistas disseram que Bruno se relacionou sexualmente com uma idosa quando viajaram para um show no interior de São Paulo. Eles não falaram o nome da mulher, mas deram tantos detalhes que foi possível identificá-la.

Segundo o colunista Rogério Gentile, do UOL, os familiares da idosa entraram na Justiça contra a dupla. Eles disseram que a história é mentirosa e que na época a mulher fazia tratamento para o câncer. A família também falou que foram identificados pela população da cidade e começaram a receber trotes e mensagens de WhatsApp fazendo piada sobre o assunto.

"Viramos motivo de piada e chacota", disseram no processo. "Nossa genitora ficou em prantos, arrasada, envergonhada, sentindo-se humilhada, adoentada e com o quadro depressivo se agravando. Impiedosamente, eles a difamaram e a injuriaram com declarações falsas", eles declararam.

A dupla argumentou que a piada era relacionada à outra pessoa. "As declarações proferidas foram genéricas, sem menção expressa a qualquer pessoa e realizadas em programa de cunho humorístico, sem qualquer conotação ofensiva", justifica a defesa de Bruno e Barreto.

A Justiça decidiu a favor da família da idosa na primeira instância, mas Bruno e Barreto ainda podem recorrer. "Ao contrário do que alegam, as menções da história, supostamente hilária, não foram genéricas, e foi perfeitamente possível identificar a pessoa", determinou o desembargador Rezende Silveira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários