Felipe Neto%2C Ricardo Nunes e Bruno Covas
Reprodução Twitter
Felipe Neto, Ricardo Nunes e Bruno Covas

Felipe Neto foi processado por Ricardo Nunes (MDB), vice candidato à prefeitura de São Paulo. A ação foi protocolada após o youtuber declarar no Twitter que Nunes é acusado de violência doméstica e de possuir possível participação na máfia das creches. 

Entretanto, o juiz eleitoral Guilherme Silva e Souza indeferiu o pedido da defesa de Ricardo Nunes, permitindo que a publicação de Neto se mantenha no ar. De acordo com a decisão, "a crítica política é amplamente admitida pela legislação eleitoral". 

De acordo com a defesa de Ricardo Nunes, a publicação de Felipe Neto seria uma peça "peça de propaganda eleitoral" em que o youtuber não mensura a possível "destruição de reputações que não respeita sequer a vida privada do candidato".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários