A jovem Isabela Tibcherani, que foi namorada do ator Rafael Miguel, participou do Repórter Record Investigação na última quinta-feira (27) e contou que antes de ser assassinado pelo pai dela, o rapaz planejava uma fuga. Ele usou suas economias para encontrar uma casa para viver com a amada e ela topou ir embora com ele.

Rafael Miguel, Isabela Tibcherani
Reprodução
Rafael Miguel namorava com Isabela Tibcherani quando foi morto


“Ele falou assim: ‘Eu vou trabalhar, tenho um dinheiro guardado e estou indo atrás de uma casa para a gente morar, só que você tem que estar disposta a ir embora. Embora de fato, você quer ir embora?’. Ele foi atrás, encontrou uma casinha bacana para a gente morar e estávamos com esses planos”, contou Isabela.

O ator foi morto em junho do ano passado junto com seus pais pelo sogro,  Paulo Cupertino, que continua foragido. “É difícil buscar uma imagem afetiva do meu pai. Tenho muito mais lembranças dele como pessoa agressiva do que como um pai”, declarou Isabela que, desde o assassinato, não teve mais notícias de Paulo.


A agressividade do pai era presente em casa e Isabela contou que já presenciou a mãe sendo espancada e que também foi agredida. “Uma vez, estava lavando louça. Ele perguntou alguma coisa e eu respondi, acho que ele não escutou, não foi a resposta que ele esperava. Ele pegou um prato, quebrou na minha cabeça e não podia chorar. ‘Não chora não. Se chorar, tem mais’”, lembrou.

Durante a entrevista, a jovem contou que teve relação sexual com o então namorado uma única vez, mas que esse não era o motivo que fez o pai dela não aprovar o namoro. “Ele criou teorias abomináveis na cabeça dele de que o Rafael não era a pessoa certa para mim.”

    Veja Também

      Mostrar mais