Em um momento em que vários famosos estão sendo expostos por erros que cometeram no passado, Maisa Silva também acabou entrando na onda do exposed. Ao contrário de denúncias sérias que surgiram, como  Livinho sendo acusado de racismo e Ansel Elgrot de abuso sexual , a apresentadora do SBT fez piada consigo mesma. Ela mostrou no Twitter o diário da infância e revelou que falava mal de alguns colegas. 

Maisa e diário
Reprodução/Instagram/Twitter
Maisa mostra diário de quando era criança

A atriz postou uma foto do diário, em que ela falava mal de um colega da sala. "Hoje a escola foi assim? O Matheus P. é um chato de galocha. Ele fica xingando todos do nada. Isso é porque ele é um idiota de galocha. Mas o resto foi tudo bem, nós suamos demais sem correr, porque estava muito calor. Daniel continua um gato. Fim", estava escrito no caderno. 

Maisa completou que o Matheus, que na época ela achava chato e idiota, hoje é um "querido" e pediu desculpas por ofendê-lo. O menino virou youtuber, conhecido como Pimenta Volgs, e ele respondeu a antiga colega de sala. "Relaxa, Ma! Eu deveria ser um chato mesmo", escreveu no Twitter.



Além de Matheus Pimenta, Maisa também usou o diário para desabafar sobre um colega da emissora. A apresentadora falou que Celso Portiolli era "feio por fora e bonito por dentro". "Eu tô passando mal com o que eu escrevi do Celso. Desculpa você é lindo por dentro e por fora", ela postou se desculpando. 

Sobre um tal de Daniel, que ela dizia continuar um gato, a história tem uma reviravolta. "Como que eu vou saber se o Daniel continua um gato, se eu não sei quem é o Daniel. Por esse plot nem eu esperava", ela brincou. "Tô perguntando pras meninas que eram minhas melhores amigas na época e ninguém sabe. Será que eu inventei o moleque?", Maisa escreveu.




    Veja Também

      Mostrar mais