Depois de um ano, Najila Trindade diz sentir os efeitos de ter acusado Neymar de estupro. Em entrevista ao Extra , a modelo disse que preferiu voltar para Ilhéus, na Bahia, para criar o filho longe dos holofotes. “Na verdade, a sociedade é assim. Tiram a nossa voz, nos calam, nos culpam e nos fazem parecer loucas por não aceitar situações que nos machucam, e isso acontece há séculos”,  afirmou ela que foi apontada como nova participante de "A Fazenda" .

Najila Trindade
Reprodução / Instagram
Najila Trindade


Najila Trindade contou que preferiu se distanciar das redes sociais e focar nos seus afazeres domésticos, no filho, na meditação e na ioga. Ela também contou detalhes de como foi enfrentar Neymar judicialmente: “Foi desgastante e desrespeitoso não só pra mim, mas pra minha família também. Um sofrimento atroz. Cheguei na exaustão do meu físico, emocional, psicológico e principalmente espiritual. Me quebrei e me quebraram por inteiro. Queria dissipar tudo aquilo que estava sentindo e acontecendo, pois foi pesado demais. Precisava de um reset para me reencontrar. Fiquei perdida e confusa. E então, me isolei completamente”.

A modelo avalia que, apesar de tudo o que enfrentou, ela está mais forte e, por isso, tenta ajudar mulheres que sofrem algum tipo de violência. Quanto ao Neymar, ela prefere não comentar.

“Sempre fui honesta com as minhas emoções, tenho o espírito livre e assim ele permanecerá. Enfim, a luta é diária e eu não tenho medo de lutar.E só para não esquecer: meu corpo, minhas regras. Isso ninguém vai mudar”, finalizou Najila Trindade .

    Veja Também

      Mostrar mais