Um dos participantes mais polêmicos do " BBB 20 " foi, com certeza, Hadson Nery. O ex-jogador de futebol foi um dos primeiros eliminados do programa, com quase 80% dos votos, tudo por conta de um comportamento visto por muitos telespectadores como machista. No último domingo (17), Dia Internacional do Combate à LGBTfobia, o paraense aproveitou a data para se pronunciar sobre as acusações de que seria homofóbico .

Leia também: Rato do "BBB 20" tem mais seguidores que Hadson e até nome

Hadson
Reprodução/Instagram
Hadson se pronuncia sobre acusações de homofobia


O atleta negou que tenha comportamentos preconceituosos e rebateu as críticas que ainda recebe. "Não estou vindo aqui nas minhas redes sociais me explicar de algo que eu falei ou fiz!", começou dizendo Hadson . "Fui acusado sem provas e sou atacado até hoje por perfis de fofoca, por ter supostamente sido homofóbico quando estava dentro da casa do Big20!".

Leia também: "BBB 20": Bianca Andrade detona Petrix, Hadson e Lucas

O ex-jogador do Corinthians continuou se justificando. Ele argumentou que sempre fez questão de respeitar o próximo, mas algumas atitudes dele são heranças da educação que recebeu dos pais. "Quero dizer a todos que nunca fui homofóbico lá dentro nem aqui fora, sempre respeitei as pessoas, independente de suas escolhas e orientações sexuais, religiosas e políticas".

Leia também: Hadson é o terceiro eliminado do "BBB20"

"Quando erro com alguém, como ser humano que sou, sei pedir desculpas, porque isso não me faz menos que ninguém!", completou Hadson. Ele ainda parabenizou a população LGBTQ+ pela data.

    Veja Também

      Mostrar mais