A família do ator Flávio Migliaccio decidiu processar o estado do Rio de Janeiro por ter deixado vazar fotos do corpo do artista, que morreu nesta segunda-feira (4), deixando uma carta pouco antes de seu falecimento .

Flávio Migliaccio
Reprodução/TV Globo
Flávio Migliaccio


De acordo com o site Notícias da TV , o único filho de Flávio Migliaccio , Marcelo contatou o advogado Sylvio Guerra para entrar na ação contra o estado. “Foi uma violência, um desrespeito. Estarei tomando todas as medidas judiciais cabíveis”, confirmou a defesa ao veículo.

Leia também: "Era apaixonada por ele", diz Andréa Beltrão sobre Flávio Migliaccio

O advogado informou que ação será contra dois agentes do Estado, dois policiais militares, que foram os responsáveis pelo registro do corpo do ator: “Divulgaram foto do meu cliente em condições que se encontrava dentro de seu quarto após suicidar-se”.

“Esses policiais carregam a bandeira do Estado em suas fardas. Além de vilipêndio de cadáver, elencado no Código Penal, buscaremos em face do Estado, danos causados pela absurda, abusiva e mórbida divulgação da foto de meu cliente já falecido, violando sua imagem, o luto da família, amigos e fãs”, ressaltou.

Leia também: Atriz Daisy Lúcidi está em estado grave por coronavírus

Flávio Migliaccio nasceu no bairro do Brás, São Paulo, em 26 de agosto de 1934 e se tornou um dos precursores da televisão no Brasil. Sua última participação na TV foi em 2019 com a novela "Órfãos da Terra", da Globo , onde interpretou Mamede Aud.

    Veja Também

      Mostrar mais