Com quase 60 anos de carreira, Flávio Migliaccio construiu, além de um currículo brilhante, amizades que o acompanharam durante suas décadas de carreira. 

Leia também: Flávio Migliaccio teria cometido suicídio e deixou uma carta

Flávio Migliaccio
Divulgação/Globo
Flavio Migliaccio posa entre a dupla de protagonistas nos bastidores da primeira temporada


Leia também: Ator da Globo Flávio Migliaccio morre aos 85 anos

No filme "Hebe - A estrela do Brasil", ele atuou ao lado de Andréa Beltrão , no papel de Maestro Fego, pai da apresentadora de TV, e acabou ficando ainda mais próximo da atriz. Flávio e Andréa também dividiram o set de filmagem da série da Globo "Tapas e beijos" (2011-2015), em que Flávio Migliaccio interpretou Seu Chalita, dono de um restaurante comida árabe em Copacabana.

"Muito triste. Trabalhar com Flávio foi sempre uma honra, uma alegria, os dias de gravação na TV sempre foram muito felizes. Ríamos muito. E também ficávamos emocionados com as suas histórias, uma vida tão grande no teatro, no cinema, um ator gigantesco. Um gênio — diz Andréa — A sua percepção do mundo, da humanidade, da política. Um humanista, doce, gentil e irônico. Sacana. Um mestre. Eu vou sentir uma saudade imensa dele. Eu era, sou apaixonada por ele" reforça a atriz ao jornal O Globo .

"Flávio era uma pessoa extraordinária, um grande amigo e parceiro. Meu mestre desde os 10 anos, quando fizemos um filme onde ele era o protagonista e o diretor. Depois tive a alegria e o prazer de dirigi-lo na TV e no cinema em vários trabalhos onde ele brilhou sempre. Um comediante de talento único, sensível, inteligentíssimo, que amava o que fazia, um exemplo como artista, que vai fazer muita falta" comenta Maruricio Faria s, marido de Andréa Beltrão e diretor do filme "Hebe - A estrela do Brasil", também ao jornal.

Leia também: Atriz veterana da Globo está em estado grave por coronavírus

Homenagens dos famosos

Nas redes, amigos e colegas de profissão lamentaram a morte de Flávio Migliaccio e prestaram suas homenagens. "Flávio, amigo querido, descanse em paz! Tristeza!", escreveu o ator Paulo Betti , em seu perfil no Instagram.

Ver essa foto no Instagram

Flávio, amigo querido, descanse em paz! Tristeza!

Uma publicação compartilhada por Paulo Betti (@paulobetti) em


"Toda minha admiração e carinho... Até já, mestre Flávio Migliaccio!", escreveu Caio Blat , também no Instagram.

Ver essa foto no Instagram

Toda minha admiração e carinho... Até já, mestre Flávio Migliaccio!

Uma publicação compartilhada por Caio Blat (@caio_blat) em


"Um grande colega, divertidíssimo, um baita ator, extremamente generoso. Quem estava ao lado dele, brilhava junto", disse o ator Marcelo Médici no Twitter.


No Instagram, a atriz Lilia Cabral prestou seu tributo a Migliaccio: "Esse grande ator acabou de contar uma história entre tantas que ele contou e jamais saiu da nossa memória! Tudo o que ele fazia era reconhecido, sempre mostrava sua sensibilidade e enorme talento! Sempre fui fã, sempre serei! Flavio Migliaccio descanse em paz!", disse Lilia.


A atriz Gabriela Duarte também fez um post se despedindo do ator: "Fizemos 'Sete Pecados' e 'Passione' juntos. Ele tinha um sorrisinho no canto da boca que eu nunca vou esquecer. A gente se entendia! Obrigada Flávio Migliaccio".


"Seu Flávio. Que honra. Muito obrigado. Descanse em Paz", disse o ator Renato Goes .


"Meu amigo foi descansar desse mundo estranho", lamentou Bruno Gagliasso no Twitter.


"Um dia triste para a cultura nacional. Perdemos o genial ator Flávio Migliaccio, que ele descanse em paz.", disse Vera Holtz em seu Instagram.


Anderson di Rizzi, que trabalhou com o ator em "Êta Mundo Bom", também prestou sua homenagem. "Triste Notícia . Perdemos um grande artista e colega de trabalho. Fizemos Êta Mundo Bom...muitas cenas juntos, muitas. Flávio sempre foi simples, generoso e brincalhão. Gostava de passar o texto, várias vezes, até ficar bom 😍. Aprendi demais com ele. Gratidão eterna", escreveu.


Vários outros artistas também prestaram suas homenagens a Flávio Migliaccio . Confira:


Ver essa foto no Instagram

O clichê do ator ao dizer que é uma honra trabalhar com grandes lendas da televisão e do teatro existe, é verdadeiro e eu vou fazer jus. Eu sou tão privilegiado de ter conhecido o Flávio Migliaccio e dividido cenas de novela e cinema com ele. Um dos meus maiores desejos como ator era o mesmo do dele, ver a nossa profissão mudando vidas, gerando alegria e amor. Eu desejo que todo artista conheça algum Flávio durante a trajetória, acho que ele não sabia mas foi importante demais pra mim. Agora ele sabe. Uma singela homenagem pra quem é fã desse homem, assim como eu. Fotos dos bastidores de “Êta Mundo Bom!” com ele e com todos que eu tive a honra de ter tão pertinho nessa obra, celebrando a vida, rindo e fazendo o que a gente mais gosta. Obrigado. 🍀

Uma publicação compartilhada por Miguel Rômulo (@miguel_romulo) em





Ver essa foto no Instagram

O dia amanheceu com a triste notícia do falecimento do meu querido companheiro Flávio Migliaccio, mais um mestre que parte para o outro plano. Fui fã de primeira hora de seu mítico personagem Tio Maneco e tive a honra de fazer seu filho no espetáculo “Os Ratos do Ano 2030”, de sua autoria, uma história que se passava no futuro em que pai e filho só podiam se comunicar por videochamada. Alguma semelhança com os tempos em que estamos vivendo? Flávio era assim, visionário, louco, gentil e rabugento. Juntos fizemos a comédia infanto-juvenil “Os Porralokinhas”, na Chapada dos Guimarães. Mesmo quando estávamos no set ralando (põe ralação nisso!), ele sempre me divertia com suas histórias. No filme éramos rivais e ele interpretava Tio Maneco, depois de trinta anos! Eu amei poder ser o vilão de um filme de um dos meus primeiros ídolos e viver com ele essa experiência maluca de filmar em plena floresta, cuidados pelo índios. Vi ali um artista de 70 anos, cheio de energia e disponibilidade, dando o sangue (quase que literalmente) e mostrando que o ator pode tudo! Obrigado por tanto Flávio! Descansa em paz! 🙏🏼❤️😔🌹✨ #flaviomigliaccio

Uma publicação compartilhada por Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) em








Ver essa foto no Instagram

Acabado. Este é o sentimento...não está fácil 2020. Flávio foi meu maior presente em 2019. Já tínhamos nos conhecido na série “Entre tapas e Beijos” mas foi rápido. Em Órfãos da Terra desenvolvemos uma amizade linda. Construímos quase que juntos nossas cenas e personagens. Trocamos muito! Muito! Conversávamos sobre tudo um pouco e ficamos assim meio confidentes. Construímos uma linda relação que foi para além da novela. Nos falávamos com certa frequência e até um mês atrás tinha ligado para ele, para saber se estava bem.... hoje sou pego com mais esta dura notícia. Me sinto perdendo um avô, um amigo, um ídolo. Me sinto órfão, assim como todo Brasil, deste gênio chamado Flávio Migliaccio. Descanse em paz meu amigo. E meu abraço mais carinhoso à todos os familiares e amigos. Muito obrigado Jidô, obrigado por tudo que aprendi com vc neste processo. Te levo e guardo para sempre nas minhas melhores lembranças! ❤️

Uma publicação compartilhada por Mouhamed Harfouch (@mouhamedh) em



    Veja Também

      Mostrar mais