Mesmo antes de renunciarem aos privilégios da Família Real, Meghan Markle e Harry enfrentaram problemas com a imprensa britânia. Agora, o casal colocou em uma lista negra quatro grandes tabloides do Reino Unido, os quais acusam de terem publicado histórias "tendenciosas, falsas e invasivas muito além do razoável".

Leia também: Príncipe Philip faz raro pronunciamento para agradecer combatentes da Covid-19

Príncipe Harry e Meghan Markle arrow-options
Reprodução/Instagram
Harry e Meghan Markle


Leia também: O Rei da gafe? Cinco vezes que o marido da Rainha Elizabeth II foi inconveniente

Em uma carta destinada aos editories do The Sun , Daily Mail , Mirror e Express , Meghan Markle e Harry anunciaram que não haverá, da parte deles, "nenhuma colaboração" com estes veículos, informou o jornal The Guardian nesta segunda-feira (20).

Leia também: Príncipe Philip é levado para hospital e está em observação

O neto da rainha Elizabeth e Meghan Markle disseram não querer serem usados como "uma moeda em uma economia de 'clickbait' e distorção". "O duque e a duquesa de Sussex viram as vidas de pessoas próximas –assim como de completos estranhos– -totalmente destruídas apenas para que fofocas obscenas aumentassem a receita publicitária", diz um trecho publicado pelo jornal.

    Veja Também

      Mostrar mais