Fernanda Gentil confessou nesta terça-feira (7) que esse período de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus tem feito ela e sua mulher, Priscila Montandon, brigarem mais por terem que passar o tempo todo juntas.

Leia também: Fernanda Gentil revolta ao dizer que respeita homofóbicos e racistas

Pirscila Montandon e Fernanda Gentil arrow-options
Reprodução/Instagran
Pirscila Montandon e Fernanda Gentil


"Já tivemos ruídos e brigas. Mas estamos tentando levar para o lado de que amanhã estaremos 24 horas, ontem estivemos, depois de amanhã também. Ou a gente descobre uma maneira diferente de resolver as coisas ou não vai sobreviver", contou Fernanda Gentil ao jornal O Globo .

Leia também: De volta para a geladeira? Fernanda Gentil está insatisfeita com "Se Joga"

A apresentadora do "Se Joga", da Globo , disse ainda que a quarentena tem feito elas se conhecerem mais. "Tenho lido muito sobre isso. Você esbarra, encontra e conhece a pessoa com que você casou. Normalmente, no dia a dia, às vezes, a gente mal se olha, não tem tempo para sentar, conversar. Ainda mais com uma criança. Agora [na quarentena], você vê e conhece aquela pessoa".

Leia também: Fernanda Gentil faz declaração apaixonada à mulher e pede um filho com ela

“Tem também vantagens e desvantagens. Tem dias que é terapia o dia inteiro. A gente está aproveitando muito para isso", finalizou Fernanda Gentil que disse ter liberado os objetos eletrônicos ao filho Gabriel, de 4 anos, para tentar entretê-lo.

    Leia tudo sobre: gay

    Veja Também

      Mostrar mais