Nesta sexta-feira (27), Xuxa Meneghel completou 57 anos. A apresentadora da Record TV aproveitou a data para fazer uma reflexão sobre machismo e usou Anitta como exemplo. A loira ainda afirmou que não haverá festa devido a quarentena para conter o novo coronavírus. Ela passará a data ao lado de sua filha, Sasha, e o namorado, Junno Andrade.

Leia também: Xuxa rebate comentário picante feito para o namorado: "Esse é só da tia Xuxa"

Xuxa Meneghel arrow-options
Reprodução Instagram
Xuxa Meneghel

“Uma mulher, na faixa dos 60 anos, com uma atitude mais provocadora realmente espanta. A gente diz: 'Olha lá a coroa fazendo isso ou aquilo'. É cultural. A gente não permite que mulheres com uma certa idade façam certas coisas. Tudo me convém, mas nem tudo me é permitido”, iniciou Xuxa em entrevista ao jornal O Globo

Leia também: Aos 56 anos, Xuxa fala sobre experiência com drogas

“Quando uso uma minissaia, penso comigo mesmo: 'Xuxa, você não deveria estar usando isso'. Mas aí estou com uma bota com cano longo, que deixa apenas alguns poucos centímetros das pernas de fora. Fomos ensinados assim, colocaram isso na nossa cabeça. Leva tempo para mudar essa mentalidade. É nossa criação machista. Se o homem é muito sensual, ele é garanhão; a mulher, prostituta”, continuou. 

A apresentadora da Record TV ainda usou Anitta como exemplo.“Vamos citar o maior fenômeno de hoje: Anitta. Ela é jovem, linda, talentosa, batalhadora, está sempre disposta a dar o melhor para o seu público e é criticada pra caramba. Falam das roupas que a menina usa, das músicas que canta, da vida que leva”, avaliou.

Leia também: Arrependida? Xuxa visita Globo escondida e retorno não é descartado

“Paguei um preço alto, mas hoje o preço é muito mais alto. As pessoas se acham no direito de falar de você com toda a sabedoria do mundo. Fazem programa na internet por horas só analisando seu comportamento. O ser humano realmente precisa ser estudado", ponderou Xuxa .

    Leia tudo sobre: Anitta

    Veja Também

      Mostrar mais