O ator vencedor do Oscar Tom Hanks e sua mulher, a cantora Rita Wilson, deixaram o hospital na Austrália, cinco dias após testarem positivo para o coronavírus . Segundo a revista "People", o casal agora descansa em uma casa alugada na Austrália e continua sob quarentena.

Leia também: Tom Hanks e sua esposa estão com coronavírus

Tom Hanks arrow-options
Divulgação
Tom Hanks


No Twitter, o ator disse que "não está com febre, mas se sente 'blah'".

"Boas notícias: depois de uma semana de teste positivo, em isolamento, os sintomas são os mesmos. (...) Más notícias: minha mulher ganhou seis rodadas seguidas de Gin Rummy e lidera o placar por 201 pontos", brincou. O ator ainda completou o post com um pedido: "achatemos a curva". A frase diz respeito à necessidade de diminuir o número de contrações diárias do covid-19 para evitar a sobrecarga dos sistemas de saúde pública ao redor do mundo.

Ao invés de publicar uma foto sua, o ator preferiu mostrar uma máquina de escrever da marca Corona, que levara para a viagem: "costumava adorar ela", escreveu ele.

Leia também: Jornalista do SBT é acusado de espalhar fake news sobre coronavírus

Na semana passada, Hanks anunciou em suas redes sociais que ele e Wilson haviam testado positivo para o vírus na Austrália, onde ele trabalha em um filme, após sentirem cansaço e apresentarem coceira e febres leves. Tanto Hanks quanto Wilson têm 63 anos.

Hanks havia viajado para a Gold Coast, a costa leste da Austrália ao sul da cidade de Brisbane, para começar a gravar um filme sobre Elvis Presley . Ele deve interpretar o empresário de Presley, o Coronel Tom Parker, na produção da Warner Bros. Após a notícia de que o ator estava doente, a produção foi paralisada. Já Wilson fez shows em Brisbane e em Sydney.

Leia também: "MasterChef" deve sofrer mudanças devido ao coronavírus, diz colunista

Segundo a agência de notícias AP, autoridades da Austrália estão tentando entrar em contato com as pessoas que estiveram com Hanks e Wilson no país. No domingo, o jornalista australiano Richard Wilkins confirmou que testou positivo para o coronavírus. Ele esteve com Wilson na Ópera de Sydney, em 7 de março, e a reencontrou em um estúdio dois dias depois.

Outros dois apresentadores que entrevistaram Wilson, David Campbell e Belinda Russell, voltaram a trabalhar após testarem negativo para o vírus. Eles estavam em isolamento desde o diagnóstico da cantora.

    Veja Também

      Mostrar mais