A maior blogueira do mundo Chiara Ferragni tem feito diversos alertas em suas redes sociais nos últimos meses sobre o coronavírus. Nesta quarta-feira (11), a italiana fez um post usando uma máscara para falar quais estão sendo os reais impactos da doença na Itália , o pais mais afetado pela doença.

Leia também: Mães reclamam de filhas de Luciano Camargo indo às aulas devido coronavírus

Chiara Ferragni arrow-options
Reprodução/Instagram
Chiara Ferragni


"Isso é para explicar completamente a situação a todos os meus seguidores estrangeiros (70% dos meus 18,7 milhões) que claramente não entendem a situação aqui na Itália no momento: É MAU. Temos mais de 10.000 casos, mais de 600 mortes e mais de 5000 pessoas nos hospitais em más condições.", começou Chiara sobre o coronavírus.

Leia também: Ilze Scamparini se emociona ao falar do coronavírus na Itália; assista

"Os hospitais não estão prontos para receber todos esses casos, e médicos e enfermeiros estão fazendo o possível para ajudar o maior número de pacientes, mas, se a quantidade de doentes não parar de crescer, eles terão que começar a escolher quem tratar com base na idade e na probabilidade de sobreviver de cada um", completou.

Leia também: Por causa do coronavírus, Coachella é adiado para outubro

Para ajudar, a blogueira lançou uma campanha para arrecadar fundos. Em apenas dois dias, ela conseguiu juntar 3,6 milhões de euros que serão destinados Às unidades de cuidados intensivos do hospital San Raffaele, em Milão. "Estamos todos vivendo em quarentena para impedir que o coronavírus se espalhe ainda mais. Portanto, comece a conscientização e, se puder, ajude a Itália e outros países com seus hospitais", finalizou ela.

Ver essa foto no Instagram

This is to fully explain the situation to all my foreigner followers (70% of my 18.7 millions) who clearly don’t understand the situation here in Italy at the moment: IT IS BAD. We have more than 10.000 cases, more than 600 deaths and more than 5000 people at the hospitals with bad conditions. The hospitals are not ready for all these cases and doctors and nurses are doing all they can to help as many as possible but if the number of sick doesn’t slow down they’ll have to start choosing patients based on how young and likely to survive they are. @fedez and I started a crowdfunding on Monday to help a hospital in Milan and it got over 3.6 millions € in offers and so many other people started collecting for other hospitals but there is still a lot that has to be done. The State decided to LOCK ALL OF THE ITALIANS inside their houses til April 3rd to prevent the virus to spread even more and to avoid the whole system and hospitals to collapse. We’re all living in quarantene right now, like some cities in China have done this past month. So please, start the awareness and understand that this is not a common flu and it’s way more dangerous for all of us: STAY IN as much as possible in this critical time. And If you can, help telling others to be careful and help Italy with its hospitals 🙏🏻

Uma publicação compartilhada por Chiara Ferragni ✨ (@chiaraferragni) em


    Veja Também

      Mostrar mais