Tamanho do texto

Dois dias após ter feito anúncio, jovem arrecadou US$ 300 mil; após a alta repercussão, o perfil da loira no Instagram foi derrubado devido a censura

Recentemente uma modelo ganhou notoriedade por tomar tomar uma atitude inusitada para ajudar nos incêndios que assolam a Austrália. A jovem se autodenomina "Filantropa Pelada" e anunciou na última sexta (03) que começaria a vender nudes - fotos sem roupa - em troca de doações para ajudar a causa. 

Leia também: Ex-Chiquititas estreia na Globo como vilã em "Salve-se Quem Puder"

Kaylen%2C a Filantropa Pelada arrow-options
Reprodução Twitter
Kaylen, a Filantropa Pelada

"Estou enviando nudes para todas as pessoas que doarem pelo menos US$ 10 a qualquer um desses fundos de arrecadação para os incêndios na Austrália . A cada $ 10 que você doa = uma foto nua de mim em sua caixa de mensagens. Você deve me enviar a confirmação de que doou", afirmou a modelo , cujo verdadeiro nome é Kaylen, no Twitter.  Segundo a cotação desta quarta-feira (08), o valor das fotos é o equivalente a R$ 40,80.

Leia também: Modelo expõe supostas mensagens de traição que teria recebido de Marcos Mion

Dois dias depois de ter feito o anúncio, a loira já havia recebido uma série de doações. "Eu tive um profissional revisando minhas estatísticas em minhas mensagens no Twitter e eles estimaram que, até o momento, foram levantados US$ 300 mil [R$ 1,2 milhão] pelos incêndios na Austrália. Embora eu esteja impossibilitada de continuar respondendo às mensagens, elas ainda estão chegando como loucas. Obrigado a todos vocês", disse ela.

Leia também: Web acusa marido de Preta Gil de traição após supostas mensagens para modelo

A repercussão da ação da modelo foi tão grande que o Instagram acabou derrubando o seu perfil. Até o momento a Filantropa Pelada não criou um novo perfil nas redes sociais, mas uma série de fakes surgiram.

    Leia tudo sobre: Instagram