Tamanho do texto

Atriz foi escalada aos 14 anos, entre 800 candidatas, para viver adolescente no filme de Stanley Kubrick sobre o romance de Vladimir Nabokov

Sue Lyon, que aos 14 anos foi escalada para o papel-título de “ Lolita ”, de Stanley Kubrick, uma versão cinematográfica do romance de Vladimir Nabokov sobre um homem de meia-idade que fica obcecado por uma menina de 12 anos, morreu na quinta-feira (26) em Los Angeles. Ela tinha 73 anos.

Leia também: Morre Rodrigo Werner, apresentador da Band, aos 48 anos

Sue Lyon protagonizou o filme arrow-options
Reprodução
Sue Lyon protagonizou o filme "Lolita"


Phil Syracopoulos, um amigo de longa data, anunciou sua morte. Ele disse que a atriz Sue Lyon estava com problemas de saúde há algum tempo.

Leia também: Morre Ari Behn, escritor que acusou Kevin Spacey de assédio

Sue Lyon acumulou dezenas de atuações no cinema e na televisão de 1959 a 1980. Porém, ficou marcada mesmo pelo clássico de Stanley Kubrick , de 1962, sobre o romance de Nabokov, que foi adaptado para a tela pelo próprio escritor russo.

Diz-se que cerca de 800 meninas procuraram o papel. Quando Lyon foi escalada, Nabokov, empregando a palavra que ele usou no romance, a chamou de "a ninfeta perfeita", embora mais tarde ele tenha dito que a atriz francesa Catherine Demongeot poderia ter sido melhor.

Leia também: Fiel escudeiro de Jorge Fernando morre um mês após a partida do diretor

A promoção do filme marcou época com uma fotografia tirada por Bert Stern em Sag Harbor, Nova York, mostrando Sue Lyon de óculos de sol em forma de coração chupando um pirulito vermelho, "apesar do fato de que nem os óculos nem o pirulito aparecem no próprio filme" como o jornal New York Times  observou anos depois. O trailer funcionou com o slogan "Como eles fizeram um filme de 'Lolita'?"