Tamanho do texto

A "briga" entre os cantores Paula Fernandes e Luan Santa depois de "Juntos e Shallow Now" ainda está longe de ter uma data para acabar

Paula Fernandes falou de como lidou com o cancelamento de última hora da participação de Luan Santana em seu DVD. Os dois gravaram a música Shallow Now , uma releitura feita por Paula da música Shallow de Lady Gaga.

Paula Fernandes arrow-options
Divulgação
Paula Fernandes



Leia também:Luan Santana revela que não fala com Paula Fernandes desde Juntos e Shallow Now

“Na hora que a pessoa [Luan Santana] falou que não ia, foi como se eu tivesse sido abandonada no altar. Não guardei mágoa, estou super bem com essa história. Os memes foram a melhor coisa que poderia acontecer em um lançamento de música. Viralizou de uma forma que depois que passou o meme, a música bombou", disse Paula Fernandes  em entrevista ao Estado de São Paulo .

"Eu escolhi o ‘Juntos e Shallow Now’. Poderia ter escolhido um milhão de coisas, mas a partir do momento em que a Lady Gaga me aprovou quem é que pode discutir. Pra mim a aprovação dela, sem mudar uma vírgula, vale mais que um “I love you” (em português, eu te amo)”, explicou a cantora, sua escolha de versos.

Leia também: O que toca na playlist da Paula Fernandes? John Mayer, Bruno Martini e mais

A cantora fez uma live, aos prantos, quando Luan cancelou sua participação na gravação, explicando o ocorrido e pedindo ao seus fãs para cantarem a parte de Bradley Copper da música, já que estaria sozinha no show cantando o  dueto.

Luan Santana também se manifestou sobre a polêmica, na época,  afirmando que achava a música brega em entrevista ao UOL .  “Cheguei a falar pra ela quando recebi: ‘Paula, esse ‘shallow now’ está soando um pouco diferente, meio ruim. Me soou meio brega assim, sei lá. Soou ruim, não entrou no meu ouvido. Aí falei: vamos trocar essa partezinha”.

Leia também: Má publicidade? Paula Fernandes tenta lacrar, mas é crucificada pela internet

“A música estava tão linda. Não achei que valia a pena sacrificar por causa do final, de uma frase. Dava pra trocar, tinha um monte de coisa que dava pra por. 'Juntos até o final' por exemplo”, explicou o cantor. Luan contou ainda que Paula Fernandes não quis alterar a letra porque já havia sido aprovada pela Lady Gaga e que ele aceitou a decisão da colega, afinal ela era a compositora.

    Leia tudo sobre: Luan Santana